PUBLICIDADE

Em meio a chuva e perrengue, Bloco Baixo Augusta coloca cerca de 3 mil pessoas para 'valsar' em ensaio

Mesmo com o temporal da cidade, os foliões não deixaram de curtir nenhum momento do evento

22 jan 2024 - 08h13
(atualizado às 13h49)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
O Bloco Acadêmicos do Baixo Augusta promoveu o seu segundo ensaio no Galpão Cultural do MST, reunindo mais de 3 mil pessoas. Durante o evento, Emanuelle Araújo e Dira Paes chamaram a atenção.
Repórter 'dança valsa' em bloco de carnaval:

“Esse bloco é único mesmo, não tem outro igual. Aqui tem de tudo um pouquinho”, gritou Wilson Simoninha, puxador e diretor musical, durante o segundo ensaio do Bloco Acadêmicos do Baixo Augusta. O evento, que aconteceu no Galpão Cultural do MST, no último domingo, 21, no centro de São Paulo, contou com chuva, perrengue, mas, principalmente, muita alegria.

Em contagem regressiva para o desfile que vai comemorar 15 anos de história, o precursor e maior bloco de São Paulo levantou o público de cerca de 3 mil pessoas com hits como Peguei um Ita no Norte, Pé Na Areia, Zé Do Caroço e Eu Mereço Ser Feliz.

Emanuelle Araújo e Dira Paes chamaram a atenção ao aparecerem de surpresa durante o ensaio. Fazendo jus ao tema escolhido pelo evento este ano, Resiste amor em SP, a atriz cantou sucessos típicos do carnaval, como Faraó, de Margareth Menezes. Tanto ela quanto Dira esbanjaram simpatia e foram bastante aplaudidas pelo público.

Bloco Baixo Augusta coloca cerca de 3 mil pessoas para 'valsar' em ensaio
Bloco Baixo Augusta coloca cerca de 3 mil pessoas para 'valsar' em ensaio
Foto: Terra / Giullyana Aya

Mesmo com o temporal da cidade, os foliões não deixaram de curtir nenhum momento do evento. O evento aconteceu em um lugar fechado, mas muitas pessoas aproveitaram a festa do lado de fora, no meio da rua, ou até mesmo na fila para entrar no bloco. O ensaio começou às 14h, porém, às 19h, ainda havia pessoas aguardando para entrar na celebração, apenas com guarda-chuva e a esperança de que conseguiriam participar da festa.

Sabrina Sato, Juju Salimeni e mais: as rainhas de bateria das escolas de São Paulo Sabrina Sato, Juju Salimeni e mais: as rainhas de bateria das escolas de São Paulo

Quem também estava curtindo o ensaio eram os participantes do concurso que o bloco está realizando em comemoração aos 15 anos. Fãs e foliões concorrem à oportunidade de dançar uma valsa de debutante com a atriz Alessandra Negrini, rainha do Baixo Augusta.

A fisioterapeuta Luna Jachinovski, 38 anos, uma das concorrentes a "valsar" com Negrini, participa do bloco há anos e disse ao Terra que merece ganhar o concurso porque, além de saber dançar, é muito fã da atriz.

“Eu a filmei na primeira vez que vim para cá só para vê-la, e roubaram o meu celular. Eu amo aquela mulher, o Baixo Augusta, o carnaval. Acho que tem que escolher uma mulher, ‘sapatão’, tem que mudar isso, não pode ser homem, tem que ser mulher”, afirmou Luna.

O ator e publicitário Felipe Moraca, 37 anos, frequenta o bloco há 6 anos. Ele disse que Negrini é uma referência como atriz para ele, e merece vencer por conta de sua paixão pelo evento. 

Quem é novato no bloco também tem chances. Luiza Vieira, 20 anos, é cantora e decidiu visitar o evento pela primeira vez porque estava cansada de só prestigiá-lo pelas redes sociais. “Eu só sei dançar forró, mas também vale, né?”, brincou.

Já Kelly da Silva, 32 anos, é estagiária na área de administração e declara merecer ganhar por ser muito fã de Negrini, com direito até a fã-clube nas redes sociais. Ela revelou que nunca dançou, mas faz de tudo pela ídola.

O último ensaio do Acadêmicos do Baixo Augusta vai acontecer no próximo domingo, 28, e o desfile oficial no dia 4 de fevereiro.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade