1 evento ao vivo

Carnaval de Salvador

Daniela Mercury usa peruca black power e divide seguidores

Thiago Duran / AgNews

Cantora usou adereço no trio Crocodilo e também "celebrou" casamento de Lázaro Ramos e Taís Araújo: "dia de empoderamento negro"

28 fev 2017
09h17
atualizado às 09h25
  • separator
  • 0
  • comentários

Daniela Mercury está aproveitando o Carnaval para mandar mensagens contra o preconceito. Fez um casamento simbólico sobre o trio com a sua companheira Malu Verçosa, para questionar a intolerância contra os casais homoafetivos; falou sobre o empoderramento feminino em outro dia, vestindo uma roupa com uma cauda enorme de tecido, colocada sobre o próprio trio, e nesta segunda-feira (27), se fantasiou de "Deusa do Ébano", com direito a peruca black power. Escreveu nas redes: "dia do empoderamento negro". Os internautas  se dividiram entre criticar e elogiar a postura da cantora, que estava acompanhada do Vovô do Ilê, criador do grupo Ilê Aiyê e um dos maiores defensores da cultura negra do Brasil, do ator Luis Miranda e do casal Lázaro Ramos e Taís Araújo, capa da revista "Veja" da última semana e alvo de comentários racistas nas redes sociais. 

Vovô do Ilê, Daniela, Taís Araújo, Lázaro Ramos e o ator Luis Miranda
Vovô do Ilê, Daniela, Taís Araújo, Lázaro Ramos e o ator Luis Miranda
Foto: Thiago Duran / AgNews

"Rainha, precisa de uma assessoria mais atenta, meu bem. Muitas falhas no discurso. Você é uma voz que ecoa alto em nosso Brasil, representando nossos movimentos negro e LGBT. Por favor, seja mais cuidadosa. Ouça mais mulheres negras. No final de sua apresentação no trio, você vai pra casa, tira a peruca black e volta a ser mais uma branca privilegiada. Portanto, tenha cautela. Um grande beijo. Muita luz", disse uma de suas seguidoras. E outro: "Você pode homenagear o negro sem colocar peruca e sem pintar a pele por exemplo! Nosso cabelo não é um objeto. Estamos lutando para o fim disso há tempos", afirmou.

Daniela e Lázaro Ramos
Daniela e Lázaro Ramos
Foto: Thiago Duran / AgNews

Muitos defenderam a cantora: "O que importa na verdade é a essência de tudo isso. E Daniela por ser uma mulher e artista consciente e politizada, voltada para as causas sociais, levanta tais bandeiras com muita propriedade. (...)  Não vai ser uma cabeleira black power que invalidará toda a intenção positiva de chamar a atenção para um problema social: o racismo". E mais: "Daniela apesar de ser branca luta também pelos negros e uma mulher nobre que tem a mídia a seu favor e utiliza em prol do próximo."

Lázaro Ramos e Taís Araújo trocam colares em cassamento simbólico no trio de Daniela Mercury
Lázaro Ramos e Taís Araújo trocam colares em cassamento simbólico no trio de Daniela Mercury
Foto: Fred Pontes / Divulgação

Casamento

Durante o percurso, a cantora celebrou o casamento de Lázaro Ramos e Taís Araújo, com trocas de colares. Todos estavam com vestimentas africanas. Lázaro ainda portava a indumentária do bloco de afoxé Filhos de Gandhy, com o tradicional turbante, túnica e colares azuis e brancos. Aliás, a troca de colares é tradição do grupo, criado em 1949, inspirado nas mensagens de paz do líder indiano Mahatma Gandhi. Na tarde de segunda-feira, o ator havia levado seu filho João Vicente, de 5 anos, ao desfile do bloco, que aceita apenas homens.

Depois da "cerimônia", casal troca beijos
Depois da "cerimônia", casal troca beijos
Foto: Fred Pontes / Divulgação

"Lázaro e Taís, obrigada por fazerem parte desse dia tão especial para mim! Tudo que vocês fazem é importante demais para empoderar o povo negro desse Brasil. Obrigada! Axé para vocês e muita felicidade", escreveu Daniela em seu Instagram.

Veja mais

 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade