PUBLICIDADE

Cannes vai procurar mais filmes dirigidos por mulheres

28 mai 2012 10h43
| atualizado às 10h46
Publicidade

Gilles Jacob, o presidente do Festival de Cinema de Cannes, admitiu que a mostra deve se esforçar mais para selecionar filmes de diretoras mulheres, segundo o site do jorna inglês The Guardian. No início da 65ª edição do evento, o coletivo feminista La Barbe publicou uma coluna no diário francês Le Monde criticando a ausência de cineastas mulheres na competição oficial.

A organização do festival foi acusada de sexismo por um coletivo feminista
A organização do festival foi acusada de sexismo por um coletivo feminista
Foto: AFP

Confira o raio-x do Festival de Cinema de Cannes


Conheça os jurados do 65º Festival de Cannes
Descubra o Sundaytv e tenha acesso ao melhor do cinema e da TV

"Tenho certeza que, ano que vem, o chefe da seleção, Thierry Frémaux, vai procurar, com mais atenção, por filmes de mulheres", comentou Jacob. No entanto ele ressaltou que nenhum filme será selecionado apenas por ter uma mulher como diretora, mas sim por ter a qualidade necessária. Ele ainda adicionou que a indústria do cinema é dominada por homens e que isso se reflete em Cannes.

O presidente da mostra acredita que a reação feminista veio porque a mostra de 2011 trouxe um número recorde de diretoras, quatro em competição. "Hoje em dia, na França, se fala sobre paridade. Eles querem paridade no governo, paridade em todos os lugares, por que não no Festival de Cinema de Cannes?", comentou Jacob.

Fonte: Terra
Publicidade