PUBLICIDADE

Família de De Rienzo pede respeito durante inquérito por morte

Ator italiano foi encontrado sem vida em sua residência em Roma

19 jul 2021 13h16
| atualizado às 13h28
ver comentários
Publicidade

O advogado da família do ator italiano Libero de Rienzo, Pergiorgio Assumma, fez um apelo nesta segunda-feira (19) para que cesse o vazamento de informações sobre o inquérito que apura a morte do artista e para que haja "respeito" com os parentes.

Libero de Rienzo foi encontrado morto em sua casa na última sexta-feira
Libero de Rienzo foi encontrado morto em sua casa na última sexta-feira
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

De Rienzo foi encontrado sem vida em sua residência em Roma na última sexta-feira (16) e, desde que a Procuradoria da capital italiana anunciou que estava investigando o óbito como uma "morte por consequência de outro crime", as notícias se espalharam.

Particularmente, o que mais tem incomodado a família são as referências sobre um possível consumo de drogas. Parentes informaram que ele já usou substâncias entorpecentes, mas que "há anos" estava limpo. Nesta segunda, inclusive, os jornais "Corriere della Sera" e "La Repubblica", informaram que o pó branco encontrado na casa seria heroína, mas em concentração insuficiente para provocar uma morte.

Até o momento, a versão formal é de que De Rienzo morreu após um infarto e seu corpo foi encontrado cerca de 24 horas depois de não dar mais notícias aos familiares e amigos.

"A incontrolável divulgação, algumas muito romanceadas, é injustificada em nível humano e é baseada em notícias que, por lei, representam também o conteúdo de investigação - e deveriam ser cobertas por segredo de apuração. Isso é uma violação clara não só apenas do ponto da privacidade, mas também de dois códigos: penal e de procedimento penal", afirmou Assumma.

Além disso, o advogado pede respeito também aos filhos pequenos do ator, de dois e seis anos, e para que seja "o tratamento humano de melhor nível".

Nesta segunda-feira, o Ministério Público havia anunciado que seria realizada a nova autópsia do corpo do ator, mas a investigação foi adiada para esta terça-feira (20). Hoje, apenas foi realizado o procedimento dos exames toxicológicos. A família de De Rienzo informou ainda que indicou um consultor que participará das atividades de perícia.

O ator italiano era bastante conhecido no país, conquistando dois prêmios David di Donatello, um dos mais importantes do cinema local, nos anos de 2002 e 2006 por suas atuações. .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade