PUBLICIDADE

Cadão Volpato traça fio de memória de Pelé a Chico Science

Escritor usa a Nova York para onde mudou como inspiração.

7 nov 2021 07h30
ver comentários
Publicidade
Cadão foi um dos criadores da banda Fellini e apresentador de TV
Cadão foi um dos criadores da banda Fellini e apresentador de TV
Foto: Divulgação

O escritor, músico, jornalista e ilustrador Cadão Volpato lança, pela Numa Editora, “Que Coisa Estranha pra Acontecer com uma Criança”. Um dos criadores da banda Fellini e apresentador de TV, ele escreveu seu 11º livro em Nova York, onde vive com a família desde 2019.

A ideia de Cadão era falar da passagem de Pelé pelo New York Cosmos, o último time no qual jogou. Pelé foi a primeira palavra que ele disse na vida. Mas a cidade se impôs, assim como as lembranças do país deixado para trás. O resultado foi este “Que Coisa Estranha pra Acontecer com uma Criança”.

São várias as crianças do livro: a criança de um Brasil antigo (e feliz) que aprendeu a falar a palavra Pelé; o homem de 65 anos para quem a passagem do tempo é tão veloz que o apanha de calças curtas; a música chamada “Criança de Domingo”, que Chico Science gravou em seu último disco, há 25 anos. Os suecos dizem que essas crianças são especiais. Ingmar Bergman foi uma criança de domingo. Chico Science, também.

Assim, desembaraçando o poroso fio da memória, “Que Coisa Estranha pra Acontecer com uma Criança” conduz a lugares inesperados. De Pelé e o Cosmos para a São Paulo dos anos 1990, de Nova York em diversas eras para a grande cidade de agora. Sempre seguindo a divisa do poeta W. H. Auden: “Como os velhos, lembrar, como as crianças, ser honesto”.

Serviço
Que coisa estranha pra acontecer com uma criança
Cadão Volpato
160 páginas
R$ 57,00

Homework Homework
Publicidade
Publicidade