PUBLICIDADE

Meu Trampo: Projeto capacita jovens empreendedores em SP

Iniciativa deve auxiliar 10 mil novos micros e pequenos empreendedores, de 15 a 29 anos, que vivem em situação de vulnerabilidade social

27 fev 2023 - 11h04
(atualizado às 11h05)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Dovulgação/Prefeitura de São Paulo

Estão abertas as inscrições para o Meu Trampo, programa da Prefeitura da Cidade de São Paulo em parceria com a Besouro de Fomento Social. Com turmas novas a cada semana, a meta é capacitar 10 mil novos micros e pequenos empreendedores entre 15 a 29 anos, que vivem em situação de vulnerabilidade social nas comunidades. Inteiramente gratuito e com vagas abertas, os interessados podem se inscrever e consultar todos os detalhes pelo site. As inscrições seguem até o preenchimento de todas as vagas oferecidas.

A iniciativa é da Coordenação de Políticas para Juventude da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC), que disponibiliza turmas em diversas localidades do Centro Ampliado e das Zonas Oeste, Sul, Norte e Leste da capital paulista. Dessa forma, no momento da inscrição, o jovem poderá escolher o bairro mais próximo da sua residência para participar do curso.

A capacitação é composta por cinco aulas que abordarão temas como criação de marca, desenvolvimento do produto, projeção de vendas, pesquisa de mercado, levantamento de custos, divulgação do negócio e conceitos financeiros. As aulas são baseadas na metodologia By Necessity, criada pela Besouro de Fomento Social, que consiste em formação para executar projetos de negócios a partir da definição de 10 passos e um plano de ação: meu sonho, meu perfil, minhas possibilidades, meu negócio, minha marca, meu mercado, minhas vendas, meu time, minhas finanças e minha análise.

Ao final do curso, os alunos terão um plano de negócios estruturado. Finalizada essa etapa, os empreendedores ainda continuarão sendo acompanhados pelo projeto. Um dos diferenciais do Meu Trampo é que os estudantes contarão com o apoio de consultores especializados em negócios por 90 dias após o término das aulas, para conseguirem colocar em prática tudo o que aprenderam, assegurando que os novos negócios se tornarão suas fontes de renda e autonomia. A iniciativa contribui diretamente para o alcance dos ODS 4, 8 e 10, metas da Agenda 2030 que promovem a educação de qualidade, o crescimento econômico e a redução das desigualdades.

A Besouro de Fomento Social promove um modelo de ensino dos princípios básicos da administração, criado pelo administrador Vinicius Mendes Lima, para quem precisa empreender por necessidade. Em 14 anos de atuação, a instituição está presente em 27 países, atingindo o número de mais de 150 mil pessoas capacitadas e cerca de 105 mil negócios abertos anualmente.

Fonte: Visão do Corre
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade