PUBLICIDADE

Nova picape Chevrolet Montana deve fazer 13 km/l na estrada

GM diz que nova geração do Chevrolet Montana "vai surpreender em aceleração e consumo"; fizemos as contas e projetamos quanto será

2 ago 2022 - 13h26
Ver comentários
Publicidade
Nova picape Chevrolet Montana em testes na pista da GM.
Nova picape Chevrolet Montana em testes na pista da GM.
Foto: GM / Divulgação

O novo Chevrolet Montana "vai surpreender em aceleração e consumo", segundo informação que a GM divulgou nesta terça-feira (2). É uma promessa, mas a General Motors não se comprometeu com números. Quanto seria essa surpresa na aceleração e no consumo? Fizemos as contas e temos a resposta.

A nova geração da picape Montana será baseada no Chevrolet Tracker. Portanto, será um veículo mais pesado do que o SUV. Como o Chevrolet Tracker pesa 1.248 kg, calculamos que a nova picape Chevrolet Montana deve pesar cerca de 1.327 kg. Acrescentramos 79 kg, que é o mesmo peso que o Renault Oroch (picape) ganhou em relação ao Renault Duster (SUV).

O peso é fundamental tanto na aceleração quanto no consumo. Como o Tracker 1.0 turbo faz 11,2 km/l de gasolina na cidade e 13,4 km/l na estrada, estimamos que o novo Chevrolet  Montana, se vier com motor 1.0 turbo, deverá fazer, com gasolina, 11 km/l na cidade e cerca de 13,2 km/l na estrada.

"Para superar a concorrência, futura picape da Chevrolet terá motor turbo de alta performance e central eletrônica com até 3 vezes mais variáveis de calibração", diz a nota da GM.

Se vier com motor 1.2 turbo, o consumo deve ser um pouco pior. Considerando que o Tracker 1.2 faz 10,4 km/l de gasolina na cidade e 13,2 na cidade, o novo Chevrolet Montana 1.2 turbo deve fazer 10,2 km/l na cidade e 13,0 km/l na estrada.

São bons números perante as picapes Fiat Toro e Renault Oroch, ambas 1.3 turbo. Com gasolina, o Fiat Toro faz 9,7 km/l na cidade e 11,6 na estrada, enquanto o Renault Oroch faz 10,5 km /l na cidade e 11,0 na estrada. Ou seja: tanto com motor 1.0 turbo quanto com motor 1.2 turbo, o novo Chevrolet Montana será mais econômico do que as picapes concorrentes.

Se a comparação fosse feita com os antigos rivais, Volkswagen Saveiro 1.6 e Fiat Strada 1.3, a picape dfa GM perderia, porém o novo Chevrolet Montana vai mudar de categoria, será maior, mais pesado e vai brigar diretamente com Renault Oroch e Fiat Toro. A GM deu uma dica e disse que essa boa performance de consumo virá coim câmbio manual (porovavelmente de 6 marchas).

Quanto à aceleração, usando os mesmos critérios de peso, podemos estimar que o novo Chevrolet Montana será capaz de ir de 0  a 100 km/h em cerca de 9,5 segundos com motor 1.2 turbo. Nesse caso, vai ganhar tanto do Renault Oroch (9,8 segundos) quanto do Fiat Toro (10,6 segundos)

Segundo a GM, "a futura picape da Chevrolet contará ainda com inovador sistema de conectividade, que será capaz de receber atualizações remotas de software inerentes à arquitetura eletrônica da picape e de aplicativos nativos à central multimídia".

Guia do Carro
Publicidade
Publicidade