PUBLICIDADE

IA da Apple: veja todos os recursos de inteligência artificial que vão chegar no iPhone

Além dos celulares, iPads e computadores da marca também devem receber atualizações com ferramentas de IA no final do ano

10 jun 2024 - 19h17
(atualizado às 22h54)
Compartilhar
Exibir comentários
Evento da Apple na Califórnia
Evento da Apple na Califórnia
Foto: Guilherme Guerra/Estadão / Estadão

CUPERTINO (EUA) E SÃO PAULO - A Apple finalmente anunciou nesta segunda-feira, 10, seus primeiros recursos de inteligência artificial (IA) para dispositivos como iPhone, iPad e Macbook após meses de burburinhos e promessas de desenvolvimento de ferramentas avançadas na área. Com a chamada Apple Intelligence, o ecossistema dos aparelhos mais novos da marca deve ser integrado com uma alta capacidade de navegação da Siri com outros aplicativos além da ajuda do ChatGPT para a geração de textos.

Tudo vai fazer parte do que a empresa chama de Apple Intelligence, um conjunto de sistemas de IA com processamento local e em nuvem. A companhia não revelou quais modelos de linguagem própria está usando ou quais as características dos algoritmos que alimentam a IA. Ainda assim, parece ser uma estratégia atrasada em relação à OpenAI, que tem algoritmos "multimodais" - ou seja, uma única entende e executa diferentes tipos de arquivos e tarefas.

Escrita

A Apple Intelligence vai permitir, ainda, que o usuário possa usar ferramentas de escrita como reescrever e corrigir textos e checar a gramática em e-mails e mensagens, da mesma forma como outras IAs de texto, como o Gemini do Google, já realiza no Workspace.

Na parceria com a OpenAI, o aplicativo Notas ganha um botão para gerar textos a partir de comandos do usuário, por exemplo. A ferramenta também vai aceitar comandos em fotos, para analisar imagens ou responder perguntas. Não ficou claro se o ChatGPT vai poder responder com geração de imagens por IA.

Estadão
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade