Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Vasco mapeia América do Sul de olho em reforços para o setor ofensivo

Cruz-Maltino observa possibilidades nos países vizinhos para reforçar o elenco que tenta confirmar o acesso de volta à Série A do Campeonato Brasileiro

6 jul 2022 - 08h03
(atualizado às 10h25)
Compartilhar

A campanha do Vasco nesta Série B do Campeonato Brasileiro é absolutamente positiva, o que não quer dizer que o clube está satisfeito com o elenco. A janela de transferências será aberta no próximo dia 18, e é provável que novas contratações sejam feitas. Com ou sem o aporte da 777 Partners.

Vasco e 777 Partners vivem os momentos finais antes da mudança de comando do futebol (Rafael Ribeiro/Vasco)
Vasco e 777 Partners vivem os momentos finais antes da mudança de comando do futebol (Rafael Ribeiro/Vasco)
Foto: Lance!

A empresa estadunidense tem encaminhada a compra da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) do Cruz-Maltino. O que não está definido ainda é a data para tal. A Assembleia Geral Extraordinária (AGE) final para o processo ainda vai acontecer. A janela de transferências abre dia 18 de julho e fecha 15 de agosto.

Publicidade

A 777 já é uma parceira do Vasco, mas só tende a participar de forma robusta antes de assumir o comando do futebol do clube em casos excepcionais. A compra de Palacios, em abril, já foi um caso. De todo modo, a ideia é aumentar o leque de opções para o técnico Maurício Souza.

Significa que não necessariamente jogadores muito mais caros ou de carreiras mais renomadas serão contratados. Operações mais onerosas deverão ser feitas somente a partir do acesso à Série A do Campeonato Brasileiro, a ser confirmado.

Jogadores de diferentes posições estão no radar vascaíno. O mercado sul-americano está sendo mais que mapeado. Vem sendo destrinchado em busca de opções que se adaptem: ao tipo de futebol praticado na Série B, ao momento financeiro do clube e à expectativa de carreira de cada atleta.

É possível que jogadores para os três setores sejam contratados. O setor criativo e o ataque são as prioridades, contudo. A defesa cruz-maltina tem ótimos números. Melhorar a produção na frente é o que se entende que pode confirmar o retorno do Vasco à elite.

Publicidade
Show Player
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações