Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

Seleção brasileira pode desfalcar times por 40 dias seguidos

Tite deve convocar na semana que vem os jogadores para dois compromissos pelas eliminatórias

7 mai 2021 13h01
Compartilhar

Os meses de junho e julho prometem muita chiadeira entre os clubes com jogadores convocados para a Seleção brasileira. Provavelmente na semana que vem o técnico Tite deve anunciar o nome dos escolhidos para duas partidas do Brasil nas eliminatórias do Mundial do Catar – contra Equador, dia 4 de junho, em Porto Alegre, e Paraguai, quatro dias depois, em Assunção.

Tite já prepara lista de convocados para jogos do Brasil contra Equador e Paraguai, no início de junho
Foto: Reprodução/CBF / Estadão Conteúdo

A programação da Seleção para esses jogos ainda não foi divulgada. De todo modo, a apresentação desse grupo deve se dar, no mais tardar, no primeiro dia de junho. O problema para as equipes que estarão disputando o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil, resumindo-se a treta apenas para os clubes do País, é que em seguida haverá a Copa América.

Publicidade

Se Tite mantiver a lista de convocados, esses jogadores tenderiam a só voltar para seus clubes a partir de 10 de julho, data da final da competição – isso na hipótese de o Brasil chegar à decisão. Assim, desfalcariam seus times por 40 dias seguidos.

A Libertadores, a princípio, não seria atingida, pois a fase de grupos se encerrará na última semana de maio e as oitavas de final só vão começar em 14 de julho. A situação é semelhante à da Copa Sul-Americana.

O segundo semestre de 2021 reservará mais dor de cabeça para CBF, Tite e clubes. Até o final do ano, a Seleção ainda terá de disputar pelo menos mais seis jogos pelas eliminatórias – falta somente a confirmação da Confederação Sul-Americana de Futebol.

Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações