Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Palmeiras entra para a história com melhor campanha e melhor ataque da fase de grupos da Libertadores

Verdão goleou o Deportivo Táchira, nesta terça-feira, no Allianz Parque, e marcou seu nome na história da competição superando nada menos do que Boca Juniors e River Plate

24 mai 2022 23h53
| atualizado em 25/5/2022 às 07h48
Compartilhar
Gustavo Scarpa (centro) marcou três vezes pelo Palmeiras
Gustavo Scarpa (centro) marcou três vezes pelo Palmeiras
Foto: Cesar Greco/Palmeiras

O Palmeiras escreveu seu nome mais uma vez na história da Libertadores na noite desta terça-feira ao golear o Deportivo Táchira por 4 a 1, no Allianz Parque. Com o resultado, o Verdão estabelece a melhor campanha e o melhor ataque da história da fase de grupos da competição continental, superando Boca Juniors e River Plate.

Bastava uma vitória simples do Alviverde diante do adversário venezuelano para garantir os dois recordes. O placar de 4 a 1, fez com que o o time brasileiro aumentasse seu ataque para 25 gols marcados nos seis jogos desta etapa do torneio. O River Plate de 2020, que era o detentor da marca anterior, marcou 21 vezes.

Publicidade

Já os três pontos fizeram com o Palmeiras fechasse a fase de grupos com um total de 18 e 100% de aproveitamento, o único a garantir esse feito nesta edição da Liberta. Esse registro também leva o Verdão para história, uma vez que iguala em pontuação a melhor campanha de todos os tempos até aqui, que era do Boca Juniors de 2015, mas com saldo de 17 gols, já o Alviverde foi a um saldo de 22.

Vale lembrar que o Palmeiras já detinha o recorde de clube com a maior sequência invicta como visitante na história da Libertadores. São 18 jogos sem perder e mais dois sem derrota se somarmos as finais de 2020 e 2021 em campo neutro (Maracanã e Centenário de Montevidéu, respectivamente). Marca que ainda pode aumentar.

A partir das oitavas de final, por ter registrado a melhor campanha da fase de grupos, o Palmeiras terá o direito de decidir o segundo jogo no Allianz Parque, caso avance. Isso somente não vai acontecer na final, uma vez que ela é realizada em jogo único e em campo neutro.

Além desses recordes gerais da competição, o Verdão ampliou um do próprio clube, que é a sequência de invencibilidade. Até aqui, são 14 partidas seguidas sem perder na Libertadores. O Atlético-MG detém o atual recorde do torneio nesse quesito com 18 jogos sem perder.

Publicidade
Show Player
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações