Atlético-GO chama Felipe Melo de 'covarde' por agressão contra assessor: 'Desumano e antidesportiva'

Clube detonou o zagueiro do Fluminense após a vitória de virada no Maracanã

16 jun 2024 - 09h45
(atualizado às 09h50)
Felipe Melo agrediu assessor de imprensa do Atlético-GO
Felipe Melo agrediu assessor de imprensa do Atlético-GO
Foto:

O Atlético-GO utilizou as redes sociais para detonar Felipe Melo após o zagueiro do Fluminense agredir o assessor de imprensa do clube, Álvaro de Castro, com um encontrão quando o profissional comemorava a virada do time goiano no Maracanã em duelo pelo Campeonato Brasileiro. 

Na publicação no X, antigo Twitter, o Atlético-GO chamou Felipe Melo de "covarde". O clube divulgou vídeo da comemoração e negou qualquer provocação.

Publicidade

"Este é o único vídeo feito após o gol. Não houve sequer uma "invasão" de campo. O retorno após a gravação é feito próximo a linha. Não houve olhar, não houve filmagem, não houve absolutamente nada direcionado ao banco do Fluminense. Na ponta da área técnica, quase na área de entrevistas, houve uma agressão covarde. Apenas isso aconteceu, a agressão de um grande covarde", escreveu a equipe.

"Haviam inúmeras câmeras do sportv no local e nenhuma capta "provocação" ou algo do tipo. Uma agressão pelas costas por conta de um "pulinho" no centro do campo é covardia, e foi isso o que aconteceu. Pouco importa as taças que levantou na carreira, vai continuar sendo para sempre desumano e antideportista. Legitimar a violência é crime!", completou. 

Após  a partida, Álvaro de Castro afirmou que  "8 funcionários do Fluminense me rodaram, fui agredido em outras partes do estádio. Quando estava esperando para ir para delegacia, alguns outros funcionários me cercaram. Frases como "Aqui é o Maracanã" foram proferidas." 

Fonte: Redação Terra
Curtiu? Fique por dentro das principais notícias através do nosso ZAP
Inscreva-se