+ 1000 de Cursos Online por apenas R$ 22,90.

Quais são os perigos da utilização de carvão ativado no clareamento dental?

O clareamento dental é um dos procedimentos mais procurados pelos pacientes quando chegam ao consultório odontológico.

20 mar 2019 13h57 - atualizado em 21/3/2019 às 11h18
Compartilhar
comentários

Um belo sorriso com dentes branquinhos é o desejo de muitos. Porém, é importante que as pessoas estejam conscientes dos cuidados que devem ter ao iniciar um tratamento. Sem orientações de um bom profissional e recomendação correta das técnicas existentes, o clareamento pode trazer alguns prejuízos em médio e longo prazo, como dor e até perda da vitalidade dental.

Foto: DINO / DINO

Atualmente, o clareamento dental é um dos procedimentos mais procurados pelos pacientes quando chegam ao consultório odontológico. Há uma busca enorme por produtos que prometem "milagres". Um dos exemplos, é a utilização do carvão ativado. Em 2017, de acordo com a Journal of American Dental Association (ADA), não há evidências de que os produtos odontológicos com carvão sejam seguros ou eficazes para os dentes. De acordo com a cirurgiã-dentista Samya Rocha, "A composição é extremamente abrasiva e realmente remove a placa bacteriana e manchas superficiais. Porém, por ser um produto corrosivo, desgasta uma das estruturas mais importantes que tem a função de proteger a dentina e os nervos: o esmalte. Este desgaste irá gerar sensibilidade e dor". É válido lembrar que, a Associação Brasileira de Odontologia não aprova o uso do produto.

publicidade

Qual é a técnica mais indicada para quem deseja fazer clareamento dental com segurança?  

"O paciente deve passar por uma avaliação profissional e definir o tratamento que mais se adequa às suas necessidades" afirma Dra. Samya Rocha. 

São indicados dois tipos de clareamento dental: caseiro e a laser. 

O clareamento dental caseiro requer paciência porque leva mais tempo para se obter resultados do que o feito em consultório. Ele é feito com o auxílio de moldeiras de silicone que são preenchidas com gel clareador, e deve ser aplicado de acordo com a indicação do cirurgião-dentista. Para ser concluído, este tratamento leva entre 15 e 30 dias. É um procedimento seguro, desde que acompanhado por um profissional. Caso contrário, podem ocorrer algumas reações adversas como sensibilidade dentária ou inflamação nos tecidos gengivais. 

publicidade

Já o clareamento dental a laser é feito exclusivamente no consultório. Para este método, o gel utilizado possui maior concentração de ativo clareador. Os benefícios ocorrem de forma mais rápida, podendo observar o resultado em 1-3 sessões. 

Para manter seu sorriso bonito e saudável, evite cair nas armadilhas das redes sociais e, antes de acreditar em produtos milagrosos, procure um profissional da área. 

Dra. Samya Rocha é cirurgiã-dentista, membro do Conselho Regional de Odontologia de Alagoas (CRO-AL) e diretora da SR Consultorias - Implantação e Gestão de Consultórios Odontológicos.



Website: https://samyarochaodontologia.com

publicidade
Fique por dentro das principais notícias
Receba notificações
Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
publicidade