PUBLICIDADE
Patrocínio Logo do patrocinador

3 dicas para evitar candidíase no verão

Médica ensina alguns cuidados importantes para prevenir essa infecção no calor

29 jan 2024 - 17h02
(atualizado às 17h16)
Compartilhar
Exibir comentários

O verão chegou e, com ele, as altas temperaturas. A estação reforça, nesse sentido, um alerta sobre os cuidados em torno da saúde íntima da mulher. O calor intenso e a umidade contribuem para que, neste período, ocorra a proliferação de doenças como candidíase, infecção provocada por fungos e bactérias. Segundo dados da Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo (Sogesp), a infecção afeta 75% da população feminina, e os sintomas mais comuns são: coceiras, corrimento e vermelhidão na região vaginal. 

A candidíase é comum no verão e deve ser ponto de atenção entre as mulheres
A candidíase é comum no verão e deve ser ponto de atenção entre as mulheres
Foto: Velista production | Shutterstock / Portal EdiCase

Por isso, a ginecologista Dr. Andrea Gonçalves, e influenciadora da Black Influence (agência especializada em influência e comunicação), aponta os principais cuidados com a saúde íntima durante as fortes ondas de calor. Confira!

 1. Evite roupas apertadas ou úmidas e calcinhas de tecido sintético 

No verão, é comum utilizarmos muitos maiôs e biquínis, porém roupas com tecido sintético e apertadas são agravantes para o surgimento de fungos. Opte por peças mais leves com forro de algodão. É superimportante não permanecer por muito tempo com roupa molhada. Outra dica é dormir sem peça íntima para deixar a região ventilada por maiores períodos.

O cuidado com a alimentação ajuda a evitar a candidíase
O cuidado com a alimentação ajuda a evitar a candidíase
Foto: puhhha | Shutterstock / Portal EdiCase

2. Cuide da sua alimentação 

As férias fazem a gente ter uma alimentação não saudável e sem exercícios físicos. É neste momento que devemos redobrar a atenção e evitar consumir frituras, refrigerantes e bebidas alcoólicas. Em tempos mais quentes, consuma bastante água, sucos naturais, frutas, alimentos ricos em vitaminas e minerais. 

3. Procure um ginecologista

A internet e principalmente as redes sociais têm muitas informações, receitas caseiras e até tratamentos milagrosos. Em caso de sintomas de candidíase, procure um especialista, que fará o diagnóstico de forma mais eficaz por meio de exame físico ou laboratoriais e prescindirá o medicamento mais adequado para cada organismo.  

Por Beatriz de Lima Fernandes

Verão, praia e sol forte: como se proteger do câncer de pele Verão, praia e sol forte: como se proteger do câncer de pele

Portal EdiCase
Compartilhar
Publicidade
Publicidade