PUBLICIDADE

vc repórter: na BA, turistas apreciam arte e pôr do sol em solar do séc. 17

22 ago 2012 - 16h15
(atualizado às 17h40)
Compartilhar
Exibir comentários

Residência, fábrica, depósito de combustível e quartel para fuzileiros navais. Estas foram algumas das funções que um casarão localizado em Salvador, na Bahia, já teve. Circundado por mangueiras, banhado pelas ondas do mar e privilegiado com um bonito por do sol, o local é conhecido como Solar do Unhão, e abriga hoje o Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA).

Fim de tarde no cais do Museu de Arte Moderna da Bahia, em Salvador
Fim de tarde no cais do Museu de Arte Moderna da Bahia, em Salvador
Foto: Jorge Souza / vc repórter

De acordo com o museu, o local é considerado o principal espaço para a arte contemporânea do Estado e um dos mais importantes do País. Ainda segundo o órgão, cerca de 200 mil pessoas visitam as exposições instaladas nas cinco salas, no Parque das Esculturas - uma galeria ao ar livre - ou na sala de cinema.

O Solar do Unhão foi construído no século 17 e funcionou como residência e capela até o século 19, quando, arrendado, passou a abrigar fábricas e oficinas e até mesmo os fuzileiros navais que participaram da Segunda Guerra Mundial.

Somente em 1943 o edifício foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), sendo no iní­cio da década de 1960 adquirido e restaurado pelo Governo do Estado da Bahia para instalar o Museu de Arte e Tradições Populares. O projeto arquitetônico foi feito por Lina Bo Bardi.

O Museu de Arte Moderna foi instalado no local em 1963.  O chafariz e os painéis de azulejo portugueses colocados ainda no século 17 estão no mesmo lugar até hoje.

O MAM-BA está localizado na avenida Contorno, sem número

O internauta Jorge Souza, de Salvador (BA), participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui

Fonte: Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade