PUBLICIDADE

Alugue sua Ilha de Caras gastando pouco (ou muito)

Publicidade

Um final de semana de Ilha de Caras para você e seus amigos. Muito mais do que um sonho, esta pode ser uma possibilidade ao alcance da mão -e do bolso. Por valores que vão de R$ 350 por dia e por pessoa a meio milhão de reais por semana existem, no nosso litoral e em outros mares, ilhas paradisíacas, equipadas para receber grupos e fazer das fantasias, realidade.

Round Island custa 134.750 Euros por semana (aproximadamente R$ 317.000)
Round Island custa 134.750 Euros por semana (aproximadamente R$ 317.000)
Foto: Private Islands Inc / Divulgação

» Veja mais fotos
» Siga Vida e Estilo no Twitter
» vc repórter: mande fotos e notícias
» Chat: tecle sobre a notícia

No Brasil, o serviço, que alia privacidade, mordomia e paisagens únicas, pode custar R$ 240 por dia e por pessoa. A maior parte das ilhas particulares disponíveis para aluguel está no arquipélago de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. As agências especializadas neste tipo de serviço costumam preparar pacotes que incluem o uso dos imóveis, que podem ser mansões com dezenas de cômodos ou chalés independentes, o transporte até o local, por lancha ou helicóptero, e uma equipe de funcionários de apoio - cozinheiros, marinheiro e faxineiros, por exemplo.

Em Paraty, no Rio de Janeiro, a Ilha do Breu pode receber até 75 pessoas. Basta pagar R$ 35 mil pelo fim de semana todo - menos de R$ 500 por cabeça. Além de passar dois dias em um paraíso tropical, quem escolher esse destino poderá usufruir de 19 confortáveis chalés, com todas as refeições incluídas.

E muito perto, em Angra dos Reis, tem a Ilha da Piedade, perfeita para quem gosta de badalação: aqui já foi a famosa Ilha de Caras. Nos seus seis bangalôs e quatro apartamentos pernoitaram celebridades brasileiras e internacionais, e as suas praias foram cenário de produções fotográficas e romances tórridos. O aluguel é só para grupos fechados, de até 20 pessoas. Tem Casa de Praia com varandas, sala de estar e de jantar, cozinha e banheiro. No alto da ilha fica o Grande Pavilhão com salão, home theater, varandas, piano-bar, sala de sinuca e sala de jantar. Há ainda o deck, as três praias, a quadra de tênis iluminada, e o campo de futebol. Para quem chegar pelo ar, está o heliponto, e para passeios pelas ilhas vizinhas há um barco para transporte de passageiros. O preço de fazer realidade a própria Ilha da Fantasia? U$ 10.000 por dia em alta temporada, aproximadamente R$ 17.000.

Alugar fora do país também pode. A ilha Petit St. Vincent, conhecida como PSV, fica no Caribe e oferece seus quase quatro quilômetros de praias de areia branca pelo valor modesto de U$ 5.670 a semana (aproximadamente R$ 9.600) por cada um dos seus 22 bangalôs. Quem alugar o conjunto tem desconto garantido. A ilha descreve-se melhor pelo que não tem: aeroporto, chave nas portas, TV, telefone, turistas. Há, sim privacidade, natureza virgem, águas turquesas e um serviço de alto padrão, com uma relação de um funcionário por cada visitante. Snorkeling, mergulho com garrafas, passeios de iate e caminhadas são algumas das atividades disponíveis na ilha PSV.

Cayo Espanto, em Belize, surpreende não apenas pelo nome engraçado: a ilha é considerada um dos locais mais bonitos e exclusivos do mundo, a apenas duas horas de Miami. E está disponível para alugar pelo valor de U$ 10.000, a noite (uns R$ 17.000, aproximadamente), com refeições inclusas.

Após troca de avião, chega-se num pequeno jatinho que voa a baixa altura por cima das ilhas e da segunda maior barreira de corais do mundo. Um aperitivo digno de umas férias verdadeiramente cinco estrelas: a ilha conta com quatro mansões e dois bangalôs, todos com vista para o mar e piscinas, total privacidade e serviço de primeira. A capacidade máxima é de 14 pessoas.

Um pouco mais de exotismo, sem abrir mão do luxo, pode ser encontrado nas Ilhas Seychelles, na costa leste da África, no Oceano Índico, região com um dos mares mais transparentes do planeta, e onde ficam talvez as areias mais brancas. Neste local está para alugar a Round Island. O preço não é barato, com certeza: 134.750 Euros por semana (aproximadamente R$ 317.000). E se o quesito for ilhas de preço alto de aluguel, difícil disputar com Musha Cay, nas Bahamas: são U$ 325.000 por semana -um pouco mais de meio milhão de reais! Um detalhe: as ligações não estão inclusas no preço.

Gostou da ideia da ilha própria? Se o dinheiro não estiver curto, sempre existe a possibilidade de comprar algumas ilhas brasileiras que estão à venda. Se tiver dinheiro para isso, claro. A Ilha das Couves, perto do Guarujá, em São Paulo, custa cerca de R$ 12,7 milhões e é descrita como um "verdadeiro paraíso, sem grandes tempestades, cobras ou mosquitos gigantes". Outra ilha, perto de Paraty, é oferecida por R$ 13 milhões. Possui casa com quatro suítes mobiliadas e gerador de energia solar em um terreno de 40 mil metros quadrados.

Fonte: Especial para Terra
Publicidade