PUBLICIDADE

Site descobre 10 'joias' ocultas na Europa; visite

Publicidade

Já ouviu falar de Burg Satzvey, na Alemanha; de Battle, na Inglaterra; ou de Amiens, na França? Menos famosas que Praga e menos visitadas que Paris, estas joias ocultas podem surpreender pela sua beleza e pelos atrativos. Para condimentar o seu roteiro com um toque de originalidade, veja essa seleção de lugares pouco visitados, escolhidos pela Lonely Planet.

Burg Statzvey, Alemanha
À pouca distância da turística Colônia, no oeste da Alemanha, a pequena cidade de Mechernich esconde um tesouro protegido por paredes medievais. Trata-se do castelo de Burg Satzvey, um dos mais belos do país, construído em 1396. O castelo recebe numerosos eventos durante o ano, como mercados artesanais em estilo gótico e medieval.

Battle, Inglaterra
A batalha de Hastings é conhecida por suas cenas violentas, reproduzidas em obras de arte e tapeçaria, em 1066, mas poucos fazem a viagem para conhecer onde tudo aconteceu. A cidade de Battle, a 80 km de Londres, tem pequenas ruas pitorescas, lojas e pubs, é cercada pelos campos onde ocorreu o combate e tem uma abadia criada em homenagem aos caídos. A beleza rural desta parte do condado de Sussex não evoca a violência vivida no local. A menos de uma hora de Battle, as falésias de Beachy Head formam um dos mais belos cartões-postais da Inglaterra.

Amiens, França
Amiens, no norte da França, tem uma catedral com o dobro do tamanho de Notre Dame de Paris, o que já faz valer a pena a visita à cidade. A catedral tem incríveis esculturas talhadas em pedra, com diversos temas religiosos, e foi terminada em 1406. Para os amantes de doces e delicias, a especialidade local é imperdível: feito de mel, amêndoas, açúcar e ovos, o "Macaron d'Amiens" pode ser encontrado em lugares típicos como a loja Jean Trogneux, que mantém sua receita intocada há cinco gerações.

Haarlem, Holanda
É relativamente raro que turistas em visita à Holanda saiam do agito de Amsterdã para conhecer outras cidades do país. Haarlem, a 20 km da capital, que podem ser feitos num rápido trajeto de trem, tem diversos encantos que podem valer uma viagem de um ou dois dias. O museu de Frans Hals tem numerosas obras deste pintor do século 17, e a igreja de Grote Kerk van St Bavo e seu órgão tocado por Mozart em sua juventude são as principais atrações. Para terminar o dia, nada como comer "poffertjes" típicas panquecas holandesas acompanhadas de chocolate quente na praça principal da cidade.

Cidade de Luxemburgo, Luxemburgo
O pequeno país de Luxemburgo não costuma entrar nos planos de turistas em visita à Europa. Mas o país encravado entre a Alemanha, a Bélgica e a França tem paisagens charmosas e uma capital que tem mais do que bancos e empresários, além uma população multicultural. A pequena cidade, à pouca distância de belos vales e florestas, pode ser percorrida de bicicleta. Entre as atrações, o MUDAM, museu de arte moderna situado nas imediações do forte de Thüngen.

A Corunha, Espanha
A menos de 45 km de Santiago de Compostela, que recebe turistas do mundo inteiro que terminam ali a famosa peregrinação, a cidade da Corunha é uma das grandes cidades menos visitadas da Espanha. Injustamente. A cidade da Galícia tem uma rica história, belas praias e uma vida noturna vibrante. A praça de Maria Pita, que homenageia a principal heroína da cidade, a igreja de San Jorge e a Torre de Hércules, farol da época romana ainda em funcionamento, são os principais monumentos da Corunha. Após o pôr-do-sol, comece a noite com drinques e tapas na área de Panaderas e continue a festa até altas horas em Santa Cristina, no município de Oleiros.

Olomouc, República Checa
Enquanto muitos turistas disputam espaço para tirar fotos sobre a ponte Carlos de Praga, outros aproveitam tranquilamente em Olomouc, considerada por muitos como cidade mais bonita do país. Ao leste da República Checa, sobre o rio Morva, Olomouc tem todos os charmes arquitetónicos da capital, sem o barulho dos turistas. O relógio astronômico de Horni Namesti, mosteiros do século 12, e o restaurante U Andela, com especialidades locais, são alguns dos atrativos de Olomouc.

Klaipeda, Lituânia
Poucos lugares da Europa são tão encantadores como a cidade portuária de Klaipeda, no litoral da Lituânia. Após um dia curtindo as areias do Istmo da Curlânia e seus 98 km de dunas, e as florestas em volta de Klaipeda, numerosas tavernas frente ao mar recebem os turistas com peixes, mariscos, petiscos, e muita cerveja local.

Tartu, Estônia
Cada vez mais a Estônia entra no roteiro de turistas europeus e do mundo inteiro, em busca dos encantos deste pequeno país báltico. Mas muitos deles se limitam à capital, Tallinn, e sua arquitetura de conto de fada. Mas o país esconde pequenas maravilhas, como a cidade de Tartu, segunda maior cidade do país e dona de uma rica história e de uma vida estudantil divertida e agitada, além de atrações turísticas como o parque de Toomemagi.

Lancut, Polônia
A Polônia tem muitos castelos, mas nenhum deles impressiona tanto quanto o de Lancut, gigantesco palácio, residência da antiga aristocracia polonesa com grandes salões decorados com lustres e muitos detalhes dourados. A cidade de Lancut, no sudeste da Polônia, também tem uma rica história ligada à religião judaica, e uma sinagoga que esconde uma bela arquitetura e afrescos coloridos.

Amiens, no norte da França, tem uma catedral com o dobro do tamanho de Notre Dame de Paris
Amiens, no norte da França, tem uma catedral com o dobro do tamanho de Notre Dame de Paris
Foto: Visit Britain / Divulgação
Fonte: Andrés Bruzzone Comunicação Andrés Bruzzone Comunicação
Publicidade