PUBLICIDADE

ANAC autoriza remarcação de voos sem taxas adicionais, no RS

A nova regra tem prazo de até um ano [...]

16 mai 2024 - 20h06
Compartilhar
Exibir comentários

Em medida adotada, recentemente, a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) decidiu que os passageiros que precisarem remarcar voos comprados com destino final para o Rio Grande do Sul não precisarão pagar valores adicionais ao alterar a data da viagem.

A decisão se soma à campanha "Não Cancele, Reagende!" do Ministério do Turismo, que incentiva visitantes a não cancelarem suas viagens para esse estado afetado pelas inundações de diversas cidades. Até o momento, 460 municípios gaúchos foram atingidos, segundo a Defesa Civil local.

Em nota enviada ao Viagem em Pauta, o Ministério do Turismo informou também que a nova regra tem prazo de até um ano da data original.

Creative Commons
Creative Commons
Foto: Viagem em Pauta

Remarcação de voos

Além disso, o reembolso ou o crédito pelo cancelamento de voos com destino final alterado será total, sem a cobrança de taxas. Vale lembrar que a agência reguladora decidiu ainda que "a opção de devolução do valor da passagem deve ser oferecida ao cliente também em dinheiro, e não apenas por meio de crédito para utilização futura".

É importante destacar que a prioridade de atendimento é para os passageiros com bilhetes já emitidos ou com algum trecho de retorno pendente, seja para o Rio Grande do Sul ou de lá para outras Unidades da Federação.

No último dia 15 de maio, a ANAC anunciou também, em coordenação com os aeroportos do Brasil, a isenção de tarifas aeroportuárias em voos de ajuda humanitária ao Rio Grande do Sul. A dispensa do pagamento foi prorrogado para o dia 31 de maio ou até quando perdurar o estado de calamidade pública naquele estado.

Pexels.com
Pexels.com
Foto: Viagem em Pauta

Malha emergencial

Com o fechamento por tempo indeterminado do aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, companhias aéreas brasileiras estão ampliando suas ofertas de voos e assentos para Santa Catarina e outras cidades do Rio Grande do Sul.

As principais empresas brasileiras do setor (GOL, Latam, VoePass e Azul) anunciaram diversas opções não só para cidades gaúchas como também para estados vizinhos, como Paraná e Santa Catarina.

A Azul, por exemplo, está operando em Caxias do Sul, Santo Angelo, Pelotas, Passo Fundo, Santa Maria e Uruguaiana. Já em Santa Catarina, as opções são Florianópolis, Jaguaruna, Joinville, Navegantes e Chapecó; e no Paraná, Curitiba, Guarapuava, Foz de Iguaçu, Ponta Grossa e Pato Branco.

Até 30 de maio, a GOL irá operar voos diários adicionais, nas seguintes rotas (ida e volta): Congonhas x Florianópolis, Galeão x Florianópolis, Guarulhos x Passo Fundo e Congonhas x Caxias do Sul.

No mesmo período, a Latam terá os seguintes voos, também em ambos sentidos:Guarulhos x Florianópolis, Guarulhos x Jaguaruna e Guarulhos x Caxias do Sul.

Já a VOEPASS operará as seguintes rotas: Congonhas x Santa Maria (17 de maio), Congonhas x Santo Ângelo (19 de maio) e Congonhas x Pelotas (21 de maio).

* com informações da ABEAR e da ANAC
Viagem em Pauta
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade