PUBLICIDADE

6 aplicativos para comprar passagem de ônibus barata

Sites e aplicativos permitem reservar sua viagem comparando os preços e horários de diferentes viações

6 dez 2023 - 16h26
(atualizado em 8/12/2023 às 16h16)
Compartilhar
Exibir comentários

Muitas vezes mais barato do que pegar um voo, menos cansativo do que dirigir, viajar de ônibus é uma ótima opção, especialmente no Brasil. O país possui mais de 600 viações rodoviárias em operação. Com tantas opções, pode ser confuso encontrar a melhor opção de passagem de ônibus .

Flixbus atua em mais de 40 países com preços a baixo custo.
Flixbus atua em mais de 40 países com preços a baixo custo.
Foto: Annie Spratt/Unsplash / Viagem e Turismo

Bom que existem plataformas que vendem os bilhetes com antecedência pela internet, comparam os preços entre as empresas e, eventualmente, ainda fazem promoções. E, na hora de comprar, você economiza a ida até a rodoviária.

Conheça algumas dessas plataformas:  

1. Quero Passagem 

Disponível na App Store e na Google Play

A Quero Passagem sai na frente quando se trata de variedade: a plataforma atende mais de cinco mil cidades brasileiras, o que corresponde a 90% do território nacional, com 150 viações parceiras.

A interface permite uma compra descomplicada da passagem de ônibus, com parcelamento em até 12 vezes e pagamento por cartão de crédito, débito, transferência bancária ou boleto

2. ClickBus

Disponível na App Store e na Google Play

A ClickBus possui parceria com 200 viações que atendem 4.800 cidades no Brasil. A plataforma é a maior do país em relação a quantidade de viajantes: foram mais de 51 milhões de passageiros desde o início da operação, em 2013. 

O selo ClickOferta organiza as passagens com o melhor custo-benefício, com descontos aplicados pelas viações. 

As formas de pagamento aceitas pela plataforma são PIX, Mercado Pago, Paypal, transferência bancária ou cartão de crédito (com parcelamento em até 12 vezes). 

3. Buson

Disponível na App Store e na Google Play

Antiga Guichê Virtual, a Buson trabalha com 300 viações e 70 mil rotas. 

Na aba Promoções, no menu lateral da plataforma, é possível localizar de forma rápida quais trechos estão com preços mais baixos, o que pode ajudar você a definir o destino da sua próxima viagem. Os descontos chegam a 70%.

O pagamento pode ser feito com PIX ou cartão de crédito, com a possibilidade de parcelamento em até 12 vezes.

4. DeÔnibus 

Disponível na App Store e na Google Play

A DeÔnibus também se destaca quando se trata de variedade: são mais de 300 viações parceiras e cinco mil destinos pelo Brasil. 

A interface permite ordenar as viagens por horário, preço ou duração. Outro recurso são os filtros, que exibem resultados por classe, viação e local do embarque e desembarque.

É possível pagar por meio de PIX, cartão de crédito (em até 12 vezes), débito e transferência bancária.

5. BlaBlaCar 

Disponível na App Store e na Google Play

Embora seja conhecida principalmente pelas caronas, a BlaBlaCar também funciona como um marketplace de passagens de ônibus. Após selecionar o destino e a data para a viagem, a plataforma oferece duas opções: viajar de carro ou optar pelo ônibus, com mais de 175 viações parceiras. 

Um diferencial da interface da BlaBlaCar é o filtro por preferências: é possível selecionar ônibus que possuem recursos como tomadas, Wi-Fi, ar-condicionado ou até refeições.

A plataforma aceita cartões de crédito e débito e PIX. 

6. Buser

Disponível na App Store e na Google Play

Diferentemente das outras plataformas dessa lista, a Buser funciona por meio de um fretamento coletivo, o que significa que todos os passageiros dividem entre si o valor do aluguel do ônibus.

Apelidada de "Uber dos ônibus", a Buser não oferece linhas com horários e locais fixos para o embarque e desembarque. Além disso, o valor cobrado é variável, já que depende do número de pessoas interessadas em viajar determinado trecho.

Os preços competitivos, mais baratos do que no guichê da rodoviária, são o grande atrativo da Buser, podendo chegar a 50% do valor de mercado. Mas o barato pode sair caro, já que atrasos e cancelamentos não são incomuns: no site Reclame Aqui, entre dezembro de 2020 e dezembro de 2023 foram 6632 reclamações por descumprimento de horário e outras 1437 por remarcação da passagem, seja do horário ou do local de partida.

O sistema praticado pela Buser é considerado irregular pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, uma vez que a empresa se enquadra na categoria de fretamento, e portanto não tem as mesmas obrigações que as demais companhias, o que poderia ser classificado como concorrência desleal.

A Buser, por sua vez, vem encabeçando diversos debates em que pede a revisão do marco regulatório do setor rodoviário para que ocorra uma abertura do mercado e maior competitividade.

Além do sistema de fretamento coletivo, também é possível comprar passagens para viagens realizadas por outras companhias: atualmente, a Buser tem 95 viações parceiras. É possível parcelar a passagem de ônibus em até 12 vezes no cartão de crédito. Além disso, também são aceitos PIX e boleto bancário como formas de pagamento.

Viagem e Turismo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade