Logo do

Problemas Comuns

Siga a marca:

Você está usando o fio dental errado e nem sabe!

Além da escovação após a ingestão de alimentos e bebidas, o uso do fio dental é fundamental para a sua saúde bucal

25 nov 2020
Publicidade
Foto: Pexels

Além da escovação após a ingestão de alimentos e bebidas, o uso do fio dental é fundamental para a sua saúde bucal. Deixar esse hábito de lado pode gerar problemas sérios à sua boca, como gengivite e periodontite. No entanto, muitas pessoas acabam fazendo o uso inadequado do fio.

Primeiramente, atente-se à quantidade do produto que você está usando: enrole aproximadamente 40 centímetros do fio ao redor de cada dedo médio, deixando uns dez centímetros entre os dedos. Segurando o fio dental entre o polegar e indicador das duas mãos, deslize-o levemente para cima e para baixo entre os dentes. Atenção: sempre utilize uma parte nova do pedaço de fio dental para cada dente a ser limpo, assim você evita a contaminação entre os dentes.

O fio dental deve ser usado de forma suave. O ideal é que as duas pontas formem uma curvatura em formato de C, para abraçar o dente que está sendo limpo. O fio precisa deslizar nesse espaço para limpar toda a face dentária. Depois, deve ser direcionado para o suco gengival, porção de gengiva que envolve os dentes. Ali também se depositam resíduos de alimento que precisam ser removidos.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Datafolha, encomendada pelo Conselho Federal de Odontologia, apenas 57% dos brasileiros usam fio dental. Esse dado é bastante preocupante uma vez que esse item simples é o grande responsável por remover os restos de alimentos e resíduos que ficam presos entre os dentes, os quais a escova não consegue eliminar.

O sangramento pelo uso do fio dental pode ser um sinal de alerta para a gengivite, o estágio inicial da doença periodontal. Se não tratada, a gengivite pode progredir para estágios mais avançados, como uma periodontite, que pode causar um dano permanente aos tecido de suporte do dente. Quanto mais cedo a doença for diagnosticada, maior a probabilidade de um tratamento bem-sucedido.

Tipos de fio de dental

Existem diferentes tipos de fio dental disponíveis no mercado. A fita, ou fio multifilamento, é mais fina e achatada. Seu filamento único, muito resistente, não desfia e ajuda na higienização das arcadas justas, com dentes muito próximos.

Já o fio tradicional tem diversos filamentos agrupados em forma de cilindro. É um pouco mais grosso e favorece a higienização dos dentes mais afastados ou que apresentem espaços visíveis.

Por fim, o super floss é ideal para quem usa aparelho ortodôntico. Tem uma ponta mais rígida seguida de uma porção grossa e esponjosa que termina em um fio com formato tradicional. Seu formato ajuda a limpar os espaços entre os bráquetes também.

Fonte: FF Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados.
Publicidade