5 problemas na boca que podem atrapalhar atletas

Todo atleta, amador ou de alta performance, precisa cuidar da saúde bucal como cuida do resto do físico

6 ago 2018
09h00
atualizado às 14h30
  • separator

Parece impossível pensar que em um grande tenista, jogador da NBA ou craque do Barcelona pode perder uma partida importante por conta da boca. Mas é possível SIM! E vamos listar 5 cuidados que todo atleta tem que ter para não ficar de fora de uma decisão:

Higiene JÁ
Perder um dente por fata de higiene pode representar muito mais do que a óbvia falha estética. Ausências dentárias dificultam a mastigação e trituração da comida, o que pode gerar o decréscimo no processo nutricional de um atleta. Com menos energia até fadigas podem acontecer antes do esperado.

As ITES
Gegivite e periodontite são inflamações que começam na gengiva, mas podem agravar para o resto da mandíbula. Atletas perdem até 17% no condicionamento físico quando estão com alguma infecção. Além disso, esse problema aumenta o risco de algumas doenças coronarianas.

Hidratação do mal
Atletas têm o costume de tomar muitos isotônicos, mas esse consumo deve ser moderado. Com muito açúcar, a bebida é um acelerador de cáries e gengivites.

Foto: Livre

 

Sem juízo
Manter o siso pode causar infecções ou inflamações caso o dente esteja mal posicionado. Inclusive para esportes de contato há também o risco de fratura mandibular caso o atleta ainda tenha o dente do siso.

Pancada
Essa é especialmente para os adeptos dos esportes de contato onde traumas são maiores e frequentes, aumentando em 10% a chance de fraturas. Existe também o traumatismo funcional que acontece por conta do apertamento contínuo dos dentes durante uma partida. 

Fonte: FF
publicidade