4 eventos ao vivo

Mulheres radicais ganham exposição coletiva na Pinacoteca de SP

10 set 2018
07h14
  • separator
  • comentários

De 18 de agosto a 19 de novembro, é possível viajar pela história da arte experimental feminina com cerca de 280 obras de 120 artistas em exposição no primeiro andar da  Pinacoteca do Estado de São Paulo . Nomeada  â??Mulheres Radicais: arte latino-americana, 1960-1985 â??, a mostra coletiva reúne fotografias, vídeos e pinturas de 15 países distintos, dando visibilidade à produção de grandes artistas do século XX â?? como Lygia Pape, Cecilia Vicuña, Ana Mendieta, Anna Maria Maiolino, Beatriz Gonzalez , Marta Minujín, entre outras.

Você pode visitar a exposição de quarta a segunda-feira, por R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia-entrada) â?? exceto aos sábados, que contam com  entrada gratuita.  O destaque da mostra se dá por seu recorte cronológico considerado decisivo para a história da América Latina, para a construção da arte contemporânea e para as transformações da representação simbólica e figurativa do corpo feminino.

As artistas escolhidas acreditam no corpo feminino como um campo político, a fim de enfrentar a densa atmosfera política e social de um período marcado pelo poder patriarcal e pelas atrocidades das ditaduras, que reprimiam sobretudo as mulheres, resultando em trabalhos que denunciavam a violência social, cultural e política da época.As mulheres radicais surgem na arte para consolidar, em âmbito mundial, o patrimônio estético criado por mulheres que usam do próprio corpo para aludir â?? indireta ou diretamente â?? as inúmeras dimensões da existência feminina.

Para a realização da mostra, as curadoras fizeram uma imensa pesquisa, desde 2010, que inclui viagens, entrevistas e análise de publicações em bibliotecas ao redor do globo.�Mulheres radicais: arte latino-americana, 1960-1985� tem organização de Hammer Museum, Los Angeles, como parte da Pacific Standard Time: LA/LA, uma iniciativa da Getty em parceria com outras instituições do Sul da Califórnia e teve curadoria das convidadas Cecilia Fajardo-Hill e Andrea Giunta.

 

Referência:

 

https://catracalivre.com.br/agenda/exposicao-mulheres-radicais-arte-latino-americana-pinacoteca-sp/

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade