PUBLICIDADE

Jovem que cheirou pimenta recebe alta da UTI e mãe já prevê volta para casa

Thais Medeiros de Oliveira estava internada novamente após ter piora no quadro de reação alérgica

8 fev 2024 - 12h45
Compartilhar
Exibir comentários
Thais e a mãe Adriana Medeiros
Thais e a mãe Adriana Medeiros
Foto: Reprodução/Instagram/@adrianamedeirosva

Thais Medeiros de Oliveira recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na última terça-feira (6). A jovem estava internada no Centro de Reabilitação e Readaptação do Hospital Estadual de Anápolis Dr. Henrique Santillo, localizado em Anápolis, Goiás. 

No dia seguinte, Adriana Medeiros, mãe de Thais publicou um vídeo onde se mostrou aliviada com a notícia. "Estou com o coração aliviado. As infecções estão controladas, ela está bem graças a Deus e vamos aguardar para irmos para casa"

Nesta quinta (8), Adriana publicou um novo vídeo sobre a atualização do caso. "Ela ainda deve passar por alguns exames, mas as bactérias estão tratadas, está sem febre e ainda apresenta um pouco de cansaço. Mas vai dar certo e a gente deve voltar para casa antes do dia 21. Além do neurologico ter sido afetado, a Thais já tinha um problema de asma", disse a mãe da jovem em vídeo publicado no Instagram. 

Thais estava internada no Hospital Estadual de Anápolis Dr. Henrique Santillo desde o dia 14 de janeiro de 2024 em razão de um agravamento de algumas infecções, que acabaram provocando febres altas e diarréia.

 Jovem que teve reação alérgica após sentir cheiro de pimenta recebe alta da UTI:

Entenda o caso

No dia 17 de fevereiro do ano passado, Thais, que tem asma, passou mal depois de sentir o cheiro de uma pimenta, conhecida como bode, na casa do então namorado. Na hora, a garganta da jovem começou a coçar e em pouco tempo ela foi perdendo as forças.

Com falta de ar, em decorrência a uma reação alérgica ao alimento, Thais foi levada às pressas ao Hospital Evangélico Goiano, onde os médicos precisaram reanimá-la. Diagnostica com quadro de broncoespasmo grave (resultado de uma contração repentina do músculo nos brônquios associação a obstrução do ar), ela nunca tinha tido um quadro grave de alergia antes. 

Na época, o chefe da UTI da Santa Casa de Anápolis (GO), onde ela estava internada, deu uma declaração sobre o caso em uma entrevista ao programa Fantástico da TV Globo. "A gente espera uma lesão neurológica grave. Pode ter uma recuperação, mas a gente acredita que voltar às atividades habituais, normais dela, isso, infelizmente, não."

Em 2023, Thais precisou ficar internada diversas vezes na UTI hospitalar, recebendo alta em alguns momentos, onde fazia o tratamento em casa. 

Fonte: Redação Terra Você
Compartilhar
Publicidade
Publicidade