PUBLICIDADE

Implante dentário: 6 coisas que você precisa saber antes de realizar o procedimento

Cirurgião esclarece as principais dúvidas sobre o tema e indica como deve ser feito um bom implante dentário

12 mai 2022 08h01
| atualizado às 09h43
ver comentários
Publicidade
Implante dentário só deve ser realizado por profissionais especializados
Implante dentário só deve ser realizado por profissionais especializados
Foto: Shutterstock / Saúde em Dia

Realizar um implante dentário, muitas vezes, não é apenas uma questão de estética. É claro que a maioria das pessoas deseja ter um sorriso bonito. Mas, isso costuma interferir diretamente na autoestima e no bem-estar. Pessoas que não se sentem confortáveis em mostrar os seus dentes podem ter consequências negativas na saúde mental.

Mas, antes de se submeter à um implante dentário, é fundamental ter conhecimento de algumas curiosidades e peculiaridades que rodeiam o procedimento. "A cirurgia de implante dentário promove uma reabilitação oral mais eficiente que outros procedimentos e, com isso, a cada dia é mais frequente no Brasil", explica o Dr. Fábio Azevedo, cirurgião dentista especializado em implantodontia.

Por isso, com a ajuda do especialista, separamos cinco coisas importantes que você precisa saber antes de realizar um implante dentário. Confira:

Dói colocar o implante?

Não. Nos dias atuais, segundo o Dr. Azevedo, a tecnologia que acompanha a cirurgia de instalação do implante avançou consideravelmente, tanto na anestesia quanto no próprio procedimento em si. Por causa dos anestésicos, o paciente não sente nenhuma dor na instalação do implante. Porém, uma leve dor ou desconforto nas primeiras horas após o procedimento, ou nos primeiros dias, pode acontecer.

A cirurgia para colocar o implante é demorada?

Depende. De acordo com o especialista, para responder a esta pergunta é necessário, primeiramente, conhecer as modalidades de tratamento. Existem duas técnicas relacionadas à cirurgia: a guiada e a convencional. A primeira tende a ser a mais rápida, levando, aproximadamente, de 15 a 20 minutos por implante colocado. Já a técnica tradicional pode ser um pouco mais demorada, já que requer um controle maior e uma precisão mais específica no que diz respeito à localização do implante. Mas, o tratamento completo é relativamente rápido. Ele costuma durar de três a oito sessões.

Quem usa dentadura há anos pode colocar implante dentário?

Sim. Inclusive, um dos grandes benefícios citados frequentemente pelos profissionais é que os implantes têm a capacidade de melhorar a saúde e a qualidade de vida de pacientes com longos históricos da utilização de dentaduras - ou próteses móveis. Quem usa dentadura, segundo o dentista, pode apresentar problemas nutricionais e de fala, além das limitações estéticas e na vida social, causando insegurança e constrangimentos. O implante dentário tem tudo para solucionar esses problemas.

Existe contraindicação?

Sim. Para definir se o paciente pode ou não ser submetido à técnica do implante, é altamente recomendável ter uma conversa sincera e completa com o profissional sobre a saúde atual, durante a fase de anamnese (no pré-operatório). Para o Dr. Azevedo, os principais problemas que tendem a dificultar o tratamento - mas que podem não ser impeditivos - são:

  • Diabetes descontrolada;
  • Consumir mais de 20 cigarros por dia;
  • Apresentar distúrbios metabólicos ósseos como, por exemplo, osteoporose;
  • Submeter-se a sessões de radioterapias e quimioterapias frequentes.

Após realizar o implante é necessário tomar algum cuidado especial?

Sim. Após o implante ter sido realizado, é indicado fazer visitas periódicas ao dentista. Normalmente, um retorno a cada seis meses é o indicado e funciona para a maior parte dos pacientes. Além disso, é necessário manter uma higiene bucal eficiente, com fio dental e escovação após cada refeição. Também se recomenda não fumar em excesso e manter uma alimentação equilibrada - sem ingredientes muito duros.

Fonte: Dr. Fábio Azevedo, cirurgião dentista especializado em implantodontia e consultor do Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da S.I.N. Implant System.

Saúde em Dia
Publicidade
Publicidade