0

Peso atual é o maior risco de doenças ligadas à obesidade

Pesquisadores dos Estados Unidos descobriram que peso é indicador mais importante do que período em que permaneceu obeso

6 mai 2014
20h24
  • separator
  • 0
  • comentários

Nunca é tarde demais para eliminar os quilos extras. De acordo com estudo da Escola de Saúde Pública da Universidade da Cidade de Nova York, nos Estados Unidos, o peso atual é um indicador mais importante do risco de problemas cardíacos e diabetes do que o tempo que a pessoa permaneceu obesa. Os dados são do jornal Daily Mail.

Foto: Getty Images

Os cientistas avaliaram dados de 1999 a 2010 de estudo nacional e concluíram que homens que eram obesos aos 25 anos tinham uma probabilidade 23,1% maior de se tornarem obesos mórbidos depois dos 35 anos, enquanto os de peso normal aos 25 tinham chance de 1,1%. No caso das mulheres, a probabilidade é de 46,9% para as obesas aos 25 em comparação com apenas 4,8% para as com peso equilibrado.

De acordo com a pesquisadora Jennifer Dowd, os resultados sugerem que os riscos biológicos do excesso de peso a longo prazo são principalmente devido à ocorrência da obesidade mais grave na vida adulta entre aqueles que já sofriam do problema quando mais novos.

Fonte: Ponto a Ponto Ideias Ponto a Ponto Ideias
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade