19 eventos ao vivo

Depressão: veja 10 sinais frequentemente ignorados da doença

Especialistas contam quais são os sintomas que nem sempre são ligados à doença, mas que devem servir como alerta

19 mar 2015
15h09
  • separator
  • comentários

Tristeza profunda, energia baixa, falta de esperança, apatia, pensamentos pessimistas e dificuldade para sentir prazer. Esses são fatores rapidamente ligados à depressão , especialmente se o quadro se mantiver por um longo período. No entanto, nem sempre essa doença, que segundo estatísticas atinge entre 10 e 20% da população mundial, se apresenta de maneira tão óbvia.

Foto: iStock

Siga Terra Estilo no Twitter

Em alguns casos ela pode provocar indícios que não são facilmente notados pelo portador do mal ou pelas pessoas à sua volta e por isso passam batido, atrasando o seu diagnóstico e prejudicando o seu controle, o que ainda pode levar a uma piora do quadro. Para evitar que isso aconteça, listamos 10 sintomas que podem valer uma consulta com um profissional, especialmente se durarem muito tempo ou se derem as caras em conjunto.

Dificuldade de concentração
A pessoa fica dispersa, desatenta e pouco objetiva, como se estivesse no mundo da lua em alguns momentos, fator que normalmente é atribuído à turma que é naturalmente mais desligada, que está muito cansada ou com estresse mental.

Memória prejudicada
Esquecimentos, lapsos, atos falhos, atrasos ou faltas frequentes em compromissos, no trabalho ou no cumprimento de tarefas e sensação de confusão mental, fatores muito ligados à correria e ao estresse da vida moderna, podem ser outro sinal de depressão.

Distúrbios do sono
Eles podem aparecer na forma de insônia, que é o mais recorrente, como sono agitado e não reparador e até mesmo na chamada hipersonia, quadro no qual a pessoa dorme demais e fica muito sonolenta durante o dia, pensando o tempo todo na hora de voltar para a cama.

Alterações de apetite
O mais comum é que o indivíduo sofra com inapetência e não sinta prazer na ingestão de nenhum alimento, nem mesmo naqueles que costumava adorar. Mas pode acontecer também de haver um aumento na vontade de comer e na ingestão de álcool.

Descuido com a aparência e a higiene pessoal
Hábitos como tomar banho e fazer a barba são frequentemente esquecidos, assim como outros cuidados com a limpeza, e a vaidade é totalmente abandonada, transformando-a em uma pessoa bastante desleixada.

Aparecimento de dores sem justificativa física
Formigamento, tontura, falta de ar, palpitação, dores vagas e imprecisas ou crônicas, na cabeça, no estômago, nos músculos ou na coluna, por exemplo, são reportadas pelo deprimido, mas a causa de nenhuma delas é constatada através de exames médicos.

Perda do desejo sexual
Esse sintoma é considerado normal nos dias de hoje, já que vivemos estressados e sem tempo, o que provoca desgaste na relação e falta de entrosamento, mas a queda na libido também pode ser um sinal de depressão.

Culpa, vergonha e sensação de inutilidade
Esses são sentimentos comuns em indivíduos deprimidos. Eles normalmente têm atitudes autopunitivas e boicotam a sua própria felicidade, além de enxergar o mundo cinza e se retrair, o que dificulta ainda mais a suspeita da doença.

Introversão
Acontece o afastamento dos amigos, dos parentes e das atividades rotineiras com as quais a pessoa obtinha prazer. Esse quadro pode ser interpretado como uma fase difícil, mas se não houver causa aparente e estiver associado a outras mudanças no comportamento pode sinalizar um quadro de depressão.

Mau humor, irritação e agressividade
O deprimido pode viver de pavio curto e se irritar com muita facilidade, características que as pessoas à sua volta associam à sua personalidade ou a algum problema, mas não percebem que elas podem ser um sinal de algo patológico. Pode haver também um excesso de ansiedade que propicia a insegurança e a falta de iniciativa.

Fontes: Leonard F. Verea, psiquiatra de São Paulo e Triana Portal, psicóloga clínica e psicoterapeuta também da capital paulista.

Depressão Depressão
Cura, sintomas e causas: tire dúvidas sobre a depressão

Fonte: Especial para Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade