PUBLICIDADE

Além da Covid: doenças que causaram preocupação em 2022

A Covid continuou gerando preocupação neste ano, mas em menor escala. Relembre outras doenças que causaram receio e tensão

28 dez 2022 - 08h07
Compartilhar
Exibir comentários
Além da Covid: outras doenças que causaram preocupação em 2022
Além da Covid: outras doenças que causaram preocupação em 2022
Foto: Shutterstock / Saúde em Dia

Graças à eficiência das vacinas e ao controle do número de óbitos, as preocupações com a Covid reduziram bastante nos últimos meses. No entanto, é praticamente impossível o ser humano viver despreocupado com a saúde e conseguir ignorar outras doenças. 

Em 2022, pessoas de todo o mundo entraram em estado de alerta por conta da ameaça de diversas doenças. Relembramos aqui 5 condições que chamaram a atenção de autoridades sanitárias e profissionais da saúde de todo o globo. Confira:

Monkeypox

Um vírus que certamente chamou atenção este ano foi o da varíola dos macacos, o chamado monkeypox. Assim como o coronavírus, ele passou por diversas mutações, que deixaram o vírus mais forte e adaptável. A doença resultante da infecção é conhecida especialmente pelas manchas vermelhas que deixa na pele, além de causar febre, fadiga e dores no corpo. O Brasil lidera o ranking mundial de mortes por varíola dos macacos, com 11 óbitos (até o início de dezembro).

Influenza

As doenças respiratórias se mantiveram em alta durante 2022, como é o caso da Influenza A (H1N1), que recentemente causou um pico no número de casos registrados no Brasil. Conhecida popularmente como gripe suína, a doença se propagou durante a primavera de 2009. A vacinação contra a gripe é a principal medida de prevenção, o médico infectologista Dr. Bernardo Almeida, mestre em doenças infecciosas pela UFPR (Universidade Federal do Paraná). No entanto, os índices estão abaixo do esperado pelo Ministério da Saúde.

Disidrose

A disidrose foi uma das doenças mais pesquisadas na internet ao longo do ano. Ela provoca o surgimento de pequenas vesículas e bolhas claras com uma área avermelhada na palma das mãos e planta dos pés. De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, essas lesões podem causar a sensação de coceira e dor. Mais, as bolhas se transformam em descamações da pele. Em 70% a 80% dos pacientes, a doença atinge somente as mãos. A condição é mais comum nos meses quentes e se associa com frequência à hiperidrose. O tratamento é relativamente simples e não envolve procedimentos ambulatoriais.

Síndrome de Hashimoto

A Síndrome de Hashimoto é uma inflamação autoimune crônica da tireoide. A glândula é responsável pela produção dos hormônios tireoidianos, o T3 e o T4 que são responsáveis pelo metabolismo. No caso de hipotireoidismo, o metabolismo reduz seu ritmo. A partir disso, o paciente começa a sentir diversos sintomas, entre eles o cansaço, redução na libido, dificuldade de concentração e ganho de peso. A condição não tem cura, mas é possível conviver com a síndrome com algumas alterações na alimentação. Além disso, o paciente precisa levar uma vida saudável.

Transtornos mentais

A saúde mental está cada vez mais em foco na nossa sociedade, e não teria como ser diferente. Afinal, uma em cada quatro pessoas vai apresentar algum sinal de transtorno mental em determinados momentos da vida, aponta a OMS. No geral, quatro comportamentos relativamente comuns podem indicar a presença de transtornos mentais. São eles: problemas de sono, esquecimento frequente, distanciamento e tensão constante. Portanto, é muito importante estar atento a mudanças bruscas, repentinas, de comportamento, que podem estar relacionadas a algum distúrbio psíquico.

Saúde em Dia
Compartilhar
Publicidade
Publicidade