PUBLICIDADE

Aula de tango? Veja como emagrecer durante viagem de férias

Aula de dança local, meditação, trocar escada pelo elevador são algumas das dicas para manter a forma durante viagens

9 abr 2014 20h34
| atualizado às 20h40
ver comentários
Publicidade
<p>Aulas de dança locais, como tango em Buenos Aires, são ótimas combinações de diversão e exercício físico</p>
Aulas de dança locais, como tango em Buenos Aires, são ótimas combinações de diversão e exercício físico
Foto: Luke H. Gordon/Flickr

Voltar da viagem mais gordinho é a coisa mais comum do mundo. Afinal, são tantas as tentações gastronômicas para provar e se esbaldar, além de ficar longe da academia e da rotina de exercícios. Mas nem tudo está perdido!

Com pequenos cuidados e hábitos, é possível sim manter a forma e até emagrecer durante a viagem. Nada que comprometa a diversão e o relaxamento que o momento merece, claro. A seguir, veja algumas do site HostelBookers, especialista em hospedagem barata pelo mundo.

1) Pernas, para que te quero?
A boa forma pode vir de pequenas decisões, que podem parecer insignificantes mas, se mantidas com disciplina, vão funcionar e muito. Caminhar é, basicamente, a solução para todas elas.
Alguns exemplos simples e eficazes:
- A tentação e curiosidade vai ser grande, mas evite o tuk-tuk da Índia, a gôndola de Veneza ou o táxi amarelo de Nova York. Ande a pé sempre que possível entre as distâncias razoáveis. Além de economizar (e muito), você vai conhecer bem mais a cidade e, claro, fazer aquele exercício mais que bem-vindo.
- Ao invés de sentar e esperar pelo próximo ônibus ou trem que passa só daqui a 25 minutos, por que não caminhar até a próxima estação? Tem duas horas para esperar a escala do voo? Dê uma boa volta pelo aeroporto. Suas pernas vão apreciar a esticada.
- Escadas, escadas e mais escadas. Esqueça o elevador ou a escada-rolante. Eis um exercício simplíssimo e muito eficaz.

2) Você é o que você come
O café da manhã é a refeição mais importante do dia. Tome um café vasto e rico em proteínas, além disso você vai poder queimá-lo durante o dia intenso de passeios. Um omelete vegeteriano com salada de frutas, por exemplo – delicioso e satisfatório. 

Antes de botar o pé na estrada, lembre de carregar a bolsa com o que os estrangeiros chamam de “trail mix” – um combinado de castanhas e frutas secas – e uma fruta, para ir matando a fome durante o caminho. E, claro, uma garrafa d´água. Comer em pequenas quantidades durante o dia, com lanchinhos ricos em proteína, vai evitar que você sinta fome e coma demais na hora da refeição principal.
Outras dicas:
- Beba água em vez de refrigerantes
- Beba leita de soja em vez de leite comum
- Substituta o pão, arroz e massa por legumes
- Para beliscar, castanhas e frutas secas, em vez de sanduichinhos
- Coma fruta em vez de balas e bombons
- Masque chiclete sem açúcar em vez de comer guloseimas muito doces

3) Faça atividades ao ar livre
Em vez de pagar uma valor considerável em um daqueles ônibus turísticos de dois andares, por que não fazer o mesmo percurso a pé? Seja com tours guiados – por gente que conhece o local – ou mesmo por conta própria. Com tantos guias, mapas e aplicativos digitais à disposição, descobrir a cidade a pé pode ser muito mais divertido. E mais saudável, claro. 

Há também inúmeras atividades ao ar livre que você pode fazer. Os hostels são o melhor lugar para ficar sabendo dessas atividades, que muitas vezes são de graça. Além disso, com esta programação você foge dos roteiros turísticos óbvios, reduz o estresse e queima muitas e muitas calorias.
Algumas ideias:
- Alugue uma bicicleta e e explore a cidade como você bem entender. Com direito a piquenique no meio.
- Alugue um caiaque ou uma canoa para relaxar e se exercitar em um lago ou rio (se precisar, também há guias para isso)
- Para os mais aventureiros, dá pra ir além e tentar escalada, kite-surf, mountain bike e por aí vai...

4) Tente balancear as cadeiras
Por que não trocar uma noite bebendo no bar e experimentar uma aula de dança local? Eis uma maneira divertidíssima de conhecer um pouco da cultura de cada lugar e, claro, de se exercitar. Muitos clubes oferecem aulas para iniciantes de graça.

Prepare-se para suar e exercitar os músculos. Dependendo do ritmo, algumas aulas podem ser bem intensas. Portanto, não esqueça de alongar antes e depois!
Algumas ideias do que experimentar:
- Swing em Los Angeles
- Tango na Buenos Aires
- Flamenco em Barcelona
- Pole dance em Las Vegas
- Salsa em Havana
- Axé em Salvador

5) Medite
Meditação é uma das melhores formas de exercitar tanto o corpo quanto a mente. Sentar com as pernas cruzadas e a coluna ereta melhora a respiração e traz paz interior, algo muito bem-vindo depois de tanta correria e excitação durante a viagem. Ainda que existam muitas técnicas, todas requerem intensa concentração e esforço físico e mental. Se você nunca meditou antes, a primeira coisa que perceberá é o desafio de manter sua postura depois de uns cinco minutos sentado. 

Há centros de meditação por todo o mundo. Você pode optar por sessões de 30 minutos ou até retiros que duram dez dias. Pode demorar um pouco pra você se acostumar, mas os benefícios da meditação compensarão qualquer esforço.

Hostelbookers Hostelbookers
Publicidade
Publicidade