PUBLICIDADE

O que é mindfulness? Veja 5 dicas para aumentar o foco

Um mundo totalmente digitalizado implica em distrações recorrentes; saiba como aproveitar melhor os momentos

30 mar 2022 05h00
| atualizado em 8/4/2022 às 14h43
ver comentários
Publicidade

Não dá para afirmarmos que mindfulness é uma técnica recente pelo simples fato de que saúde mental se tornou um dos grandes temas contemporâneos, pelo contrário, ela existe há muito tempo e já faz parte da cultura de grupos há séculos, como os budistas. Mas no Brasil, por exemplo, segundo o Google Trends, vemos que o termo foi ganhando notoriedade ao longo dos anos e alcançou seu pico de interesse de pesquisa em abril de 2020, período em que as questões globais de saúde eram a maior preocupação da sociedade. 

Nos últimos 5 anos, no Brasil, mindfulness teve um pico de interesse de pesquisa em 2020
Nos últimos 5 anos, no Brasil, mindfulness teve um pico de interesse de pesquisa em 2020
Foto: Reprodução / Google Trends

O cenário incerto e uma crise sem controle entraram nesse grande caldeirão borbulhante de ideias e pensamentos, levando muito mais estresse e ansiedade ao dia a dia das pessoas. Mas afinal, o que é o mindfulness? 

Como destacado, é bem antigo e a tradução literal do termo é “atenção plena”. Ele utiliza uma série de técnicas ou mesmo práticas que visam potencializar a concentração no presente, para que seja possível vivenciar profundamente o momento e suas sensações. Passou a ser visto como um grande aliado justamente por conta das distrações diárias, sobretudo com os estímulos incansáveis de informação, como notícias, trabalho e, sem dúvidas, notificações no celular. Um conjunto que faz a dinâmica de vida bem diferente da realidade de décadas passadas. 

Mindfulness e a busca pela atenção plena
Mindfulness e a busca pela atenção plena
Foto: Krakenimages.com / Adobe Stock

Se por um lado o mundo on-line trouxe imensas facilidades, por outro, ele demanda bem mais de cada indivíduo: reuniões presenciais também passaram a ser virtuais, experiências físicas, como uma simples visita a um museu, já podem ser realizadas digitalmente. Aos poucos, fica perceptível que as relações humanas ganharam novos contornos, seja no aspecto pessoal ou profissional, e um universo físico se juntou ao digital: o esgotamento mental tem sido tema recorrente. É importante ressaltar que mindfulness não deve ser visto como uma prática que substitui apoio médico ou tratamentos. 

Como estar mais focado e viver melhor o presente? 

Existem formas de otimizar o tempo e viver com mais foco. A versatilidade e a capacidade de lidar com várias tarefas no mesmo instante é algo muito valorizado no mercado de trabalho, por exemplo, mas isso não quer dizer que toda a nossa vida deva seguir o mesmo raciocínio. Veja algumas dicas de como ampliar o foco e aproveitar melhor os momentos. 

Tempo de descanso 

Após um dia ou semana de trabalho, é essencial que o descanso seja cumprido. Mas além do cansaço físico, hoje é preciso estar atento ao estresse psicológico e cansaço da mente. Use o tempo livre para focar em atividades que te façam bem física e mentalmente. Diversos profissionais costumam receber demandas via aplicativo de mensagens ou e-mail diretamente no celular, então, sempre que possível, desconecte seus pensamentos do trabalho e aproveite o momento de repouso ou lazer.  

Controle o uso do celular 

Geralmente, as redes sociais são uma janela para consumo do tempo e constantemente enviam notificações. Dedique-se um pouco mais ao mundo físico, real, e deixe o virtual mais afastado, assim você conseguirá utilizar o tempo para curtir a família, a natureza ou a atividade que preferir. Hoje, os próprios smartphones possuem configurações para limitar o tipo de notificação e o limite de tempo que pretende gastar navegando em uma aplicação, por exemplo. 

Se conheça 

A rotina agitada nos faz viver tudo de forma mais acelerada. Preste atenção na forma como se hidrata, se alimenta ou mesmo se apronta para dormir, pois a luz do celular nesse momento pode aumentar o cortisol, que inibe a melatonina, hormônio do sono. Estabeleça limites para que possa fazer uma refeição mais tranquila, curtindo uma companhia, um livro ou uma paisagem, por exemplo.  

Faça seu planejamento semanal 

Montar um planejamento pode ser uma boa forma de se organizar melhor e ter uma visão clara das atividades da semana e quais delas vão demandar mais tempo. Com um controle maior sobre as tarefas, pode ser mais fácil lidar com rotinas intensas ou encaixar necessidades, quando o cronograma da semana estiver mais tranquilo. 

Medite 

A meditação é um ótimo hábito, pois trabalha variados aspectos visando o autoconhecimento. Por meio dela, é possível buscar diminuir o estresse e a ansiedade, dormir melhor e até aumentar o foco. O Atma, aplicativo de meditações, traz uma coleção de mindfulness bem completa, com mais de 40 conteúdos exclusivos. Dentre os temas estão: consciência corporal, respiração, atenção plena sobre si, atenção alternada e muitas outras. O app também conta com uma meditação de introdução à mindfulness, para aqueles que têm o desejo de começar a praticar.   

 

O Atma está disponível para: 

Android e iOS 

ATMA Seu app de meditação
Publicidade
Publicidade