PUBLICIDADE

Alongar é obrigatório, abdominal dói? Veja 5 mitos sobre exercícios físicos

Além das crenças convencionais, veja dicas valiosas para aprimorar sua jornada na vida fitness

24 jan 2024 - 12h01
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: iStock

Num mundo cheio de informações sobre a vida fitness, é fácil se perder entre mitos e verdades que permeiam as regras dos exercícios físicos. Desconstruir esses mitos é um passo essencial para uma abordagem mais fundamentada e eficaz em relação à nossa saúde e bem-estar.

Para te ajudar nessa jornada, conversamos com o médico ortopedista Daniel Oliveira, especialista em coluna vertebral e diretor do Núcleo de Ortopedia e Traumatologia de Belo Horizonte e vamos desvendar 5 mitos sobre exercícios físicos. 

Alongar é obrigatório?

Não. Muito se fala sobre a importância do alongamento antes do início de qualquer atividade física, mas de acordo com o especialista, não há um consenso absoluto sobre a obrigatoriedade do alongamento antes dos exercícios para prevenir lesões. 

“Existem estudos que mostram que ele não é eficiente na prevenção de lesões e que, se for feito por um longo período, pode diminuir a força muscular durante um tempo”, explica o médico.

O ideal é praticar o alongamento dinâmico, que envolve movimentos suaves e controlados imitando o exercício ou a atividade esportiva que se está prestes a realizar.

Abdominais causam dor?

Depende. Exercícios como abdominais são considerados seguros quando realizados com a técnica correta e sob a supervisão de um profissional. Problemas podem surgir se os exercícios forem feitos de maneira incorreta ou sem respeitar os limites do corpo. 

“É sabido que exercícios abdominais fortalecem o núcleo do corpo, que é fundamental para manter uma boa postura, além de ajudar a apoiar e estabilizar a coluna, reduzindo a pressão sobre os discos da coluna vertebral, tecidos moles e articulações. Isso pode, inclusive, aliviar as dores na região lombar”, diz o especialista.

Quanto mais intenso, melhor?

Depende. A intensidade deve ser adaptada às capacidades e objetivos de cada pessoa. Nem sempre o que é bom para um necessariamente será para outro. O profissional ressalta que é fundamental consultar um médico ortopedista e um cardiologista antes de começar qualquer atividade para saber da sua aptidão ou não à atividade e se existe alguma limitação. 

Sem dor, sem ganho ("No pain, no gain")

Mentira. Leves desconfortos durante um treino podem ser normais, mas a dor intensa pode indicar lesão. Pensar que os resultados aparecerão rapidamente por causa das dores durante as repetições é um equívoco. 

“As melhorias físicas levam tempo, precisam de consistência e devem ser combinadas com uma alimentação equilibrada, bons hábitos de saúde e sono de qualidade”, destaca Daniel Oliveira. 

Bumbum de Yasmin Brunet chama atenção em look da final BBB 24; veja segredo Bumbum de Yasmin Brunet chama atenção em look da final BBB 24; veja segredo

Um exercício basta

Mentira. Supor que apenas um tipo de exercício é suficiente na sua rotina de treinos é outro erro. É importante entender que a combinação dos grupos de exercícios é necessária para uma vida fitness saudável e sem lesões. 

Os exercícios de força vão te ajudar a criar músculos mais fortes e resistentes; os de flexibilidade, ajudam na prevenção de lesões musculares e articulares, melhorando a performance, a postura, o equilíbrio e o desempenho físico. 

Quanto aos exercícios de cardio, eles são aliados no fortalecimento do coração, melhoram a circulação sanguínea, ajudam a  controlar fatores de risco cardiovasculares como obesidade, tabagismo, colesterol alto, diabetes e hipertensão, além de contribuir para a saúde mental e diminuir o risco de doenças crônicas.

Vegetais ricos em proteínas: o segredo para o envelhecimento saudável Vegetais ricos em proteínas: o segredo para o envelhecimento saudável

Fonte: Redação Terra Você
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade