PUBLICIDADE

7 atividades para melhorar o condicionamento e combater o estresse

Veja quais exercícios físicos incorporar à rotina para ter resultados positivos para a saúde física e mental

6 dez 2023 - 16h02
Compartilhar
Exibir comentários

O equilíbrio entre saúde física e mental é essencial para uma vida mais saudável. A prática regular de atividades físicas, seja exercícios cardiovasculares, de força ou de flexibilidade, não apenas aprimora o condicionamento, mas também desempenha um papel fundamental na redução do estresse e da ansiedade.

Atividade física faz bem para a saúde física e mental
Atividade física faz bem para a saúde física e mental
Foto: PeopleImages.com - Yuri A | Shutterstock / Portal EdiCase

Por isso, veja, a seguir, 7 atividades físicas que melhoram o condicionamento e ajudam a combater o estresse!

1. Yoga

O yoga não apenas promove flexibilidade e vigor físico, mas também é um aliado poderoso para relaxar a mente. Suas posturas e técnicas respiratórias proporcionam bem-estar mental e físico, ajudando a aliviar o estresse.

"Na parte física, a pessoa pode notar nas primeiras práticas, sensação de bem-estar, alongamento de músculos e tendões que culminam no relaxamento e em uma sensação de conforto com o próprio corpo. Com a prática regular, é possível desenvolver a musculatura de maneira equilibrada, trazendo força e beleza, corrigir desvios posturais, melhorar o equilíbrio etc.", Romulo Carrer, musicoterapeuta e instrutor de Yoga.

2. Corrida ou caminhada rápida

Esses exercícios cardiovasculares não só aumentam a resistência, mas também fortalecem as pernas, elevam a frequência cardíaca e queimam calorias, favorecendo a saúde do coração. O método também libera endorfina e serotonina, conhecidos como os 'hormônios da felicidade', e queima calorias, o que pode ajudar no emagrecimento.

"Ótima opção também para os sedentários ou para aqueles que adotam um ritmo mais leve, mas não abrem mão de praticar exercício. Caminhar aumenta o metabolismo do corpo e gera um elevado gasto calórico", afirma o Dr. William Komatsu, fisiologista do exercício. 

3. Natação

Considerada uma atividade de baixo impacto, a natação é um exercício completo que melhora a resistência cardiovascular, a força muscular e a flexibilidade. Além disso, a água oferece suporte às articulações, sendo uma opção amigável para quem enfrenta problemas articulares.

Os professores planejam um programa de exercícios com a ajuda de alguns materiais especiais para hidroginástica, como pranchas, boias, bicicleta, trampolim, entre outros. "Se a pessoa praticar pelo menos três vezes por semana, conseguirá bons resultados, pois a maioria dos exercícios exige muita resistência do corpo", conta Mariana Onias, personal trainer. 

4. Pilates

Focado na respiração e no fortalecimento do core, o pilates promove a conexão entre corpo e mente. Além de melhorar a flexibilidade, contribui para o controle do estresse e até mesmo para o alívio de condições patológicas.

O pilates pode ser praticado por qualquer pessoa e em qualquer momento da vida. "Ele é uma atividade física completa, que trabalha corpo e mente e abrange todos os públicos - desde um idoso com dor na coluna até um atleta de alta performance!", enfatiza a fisioterapeuta Ana Luísa Marçal.

A dança movimenta o corpo, auxiliando na saúde física e mental
A dança movimenta o corpo, auxiliando na saúde física e mental
Foto: Ground Picture | Shutterstock / Portal EdiCase

5. Dança

Além de ser uma forma divertida de movimentar o corpo, a dança contribui para a saúde física e emocional. A prática regular não só eleva a autoestima e o humor, mas também alivia o estresse. Além de a prática ser benéfica para o corpo, ela também traz grandes estímulos emocionais.

"A dança pode ajudar no combate ao estresse e a depressão leve ou moderada. Quem dança fica mais próximo dos outros, o que ajuda neste tipo de doença. É um momento para recarregar as baterias, mudar o foco. Você esquece todos os problemas. Eles não sumiram. Quando você termina a atividade estão lá, mas você está com as baterias recarregadas, com outra energia para enfrentá-los", incentiva Rogério Luiz Pereira, professor de dança.

6. Ginástica

Uma atividade completa que trabalha diversos grupos musculares simultaneamente, a ginástica colabora significativamente com a qualidade do sono, um fator associado frequentemente à ansiedade. "Uma pessoa que pratica exercícios tem sua autoestima aumentada, reduz ansiedade e estresse e aumenta a sensação de bem-estar", afirma o educador físico Ângelo Márcio.

7. Musculação

Além de tonificar os músculos, possibilitar o ganho de massa magra e aprimorar o condicionamento físico, a musculação, que pode ser incorporada à rotina de um indivíduo desde cedo, contribui para o relaxamento do corpo e da mente.

"É importante que as pessoas comecem a se preocupar com o ganho de massa magra desde cedo, por meio de atividades físicas e uma alimentação equilibrada. A prática regular de exercícios físicos que estimulem o ganho de massa muscular, como a musculação, pode ser uma excelente opção para quem busca uma vida mais saudável e ativa. Investir no ganho de massa magra desde cedo é uma forma de conquistar mais saúde e qualidade de vida ao longo da vida", finaliza o nutrólogo e endocrinologista Dr. Ronan Araujo.

Orientação profissional é necessária

Ao escolher qualquer uma dessas atividades, é importante fazê-las com orientação profissional para garantir a execução adequada, evitando possíveis lesões e otimizando os resultados. A prática regular de exercícios físicos aliada a uma alimentação balanceada pode ser um valioso recurso na busca por um estilo de vida mais saudável e equilibrado.

Escolher uma ou mais dessas atividades e integrá-las à sua rotina pode ser um passo significativo em direção ao aprimoramento do condicionamento físico e ao combate ao estresse, proporcionando uma sensação duradoura de bem-estar.

Portal EdiCase
Compartilhar
Publicidade
Publicidade