1 evento ao vivo

Gatos sempre caem de pé? Descubra 10 mitos sobre felinos

Lendas sobre felinos são velhas e ultrapassadas, mas ainda há quem acredite em algumas delas

6 jul 2015
13h19
atualizado às 13h38
  • separator
  • comentários

Quem nunca ouviu falar, especialmente em época de Halloween, em uma comunidade qualquer em certa parte do mundo onde um grupo de moradores matou um gato preto acreditando que ele dava azar? Esse tipo de situação tão comum comprova algo que muitos já sabem: os mitos sobre felinos são mais perigosos do que se imagina. 

Foto: iStock

Siga Terra Diversão no Twitter

Com base em lendas antigas e teorias que ninguém sabe explicar a origem, gatos são alvos de mentiras dos mais diversos tipos, desde gente que acredita que eles têm sete vidas e podem cair de pé de qualquer altura, até quem ache que todos eles odeiam água e carinho, e só gostam mesmo da casa em que vivem e da cama em que dormem. Por isso, separamos 10 mitos sobre os amigos felinos para você parar de bobagens e entrar para o time dos amantes de gatos de uma vez. 

1. Eles odeiam água 

 

Não existe nada de especial entre gatos e água. Assim como cachorros (e até algumas pessoas), alguns felinos gostam de um banho quentinho, outros não. É uma questão de adaptação e até costume. Na verdade, gatos são animais muito mais preocupados com a higiene do que outros pets, como os próprios cães. 

 

2. Eles odeiam carinho

 

Gatos são animais que precisam ter seu espaço respeitado. São extremamente carinhosos, mas não nasceram para servir ninguém. Precisam ser tratados como companheiros e com respeito, e assim irão responder com muito carinho, até demais de vez em quando. Se o seu gatinho não quer saber de contato contigo, talvez o problema esteja em você. 

 

3. Mau humor 

 

Não existe um animal que seja mais "mulher de malandro" que um gato. Eles simplesmente deixam você fazer praticamente de tudo com eles. Qualquer brincadeira. Muito pacientes, eles ficam com aquela cara de indiferença enquanto os donos os fazem, literalmente, de gato e sapato. Não existe essa história de mau humor. 

 

4. Sete vidas 

 

Não. Eles têm uma só, dura em média 15 anos para os adotados, e apenas 2 para os de rua. Não tente jogá-lo da janela para testar porque, sim, ele vai morrer e não vai voltar. 

 

5. Os pretos dão azar 

 

Esse é um daqueles mitos muito mais sérios do que se pode imaginar. Gatos pretos são sacrificados em diversos lugares do mundo por conta dessa ideia maluca de que dão azar. A lenda é comum em boa parte do Ocidente desde a Idade Média e não tem qualquer fundamento lógico. Em lugares como Japão e Reino Unido, por exemplo, eles são considerados um bom sinal. Além de lindos! 

 

6. Sempre caem de pé 

 

Não. Eles precisam de, pelo menos, 60 cm do chão para conseguirem se virar em tempo de cair em pé e, mesmo assim, dependendo da altura, ainda podem se machucar. 

 

7. São impossíveis de educar 

 

Não. Gatos apenas não respondem ao autoritarismo e exigem um tratamento um pouco mais igual. Com respeito e paciência, eles respondem a qualquer comando vindo por parte dos donos. 

 

8. Eles enxergam no escuro 

 

Não é bem assim. A visão noturna de gatos é, de fato, cerca de 10 vezes melhor que a dos humanos. Mas eles ainda precisam de ao menos uma leve camada de luz para conseguir enxergar alguma coisa. Se você apagar todas as luzes da sua casa de noite, ele vai enxergar o mesmo nada que você. 

 

9. Eles arranham por raiva 

 

Não, gente, eles são apenas um pouco Joselitos. Muitas vezes, eles estão tão empolgados com o dono que começam a arranhar sua perna como uma maneira de demonstrar carinho. Gatos também costumam mostrar as garras quando estão com medo, apreensivos e quando querem ficar no lugar onde estão. Nem sempre é por raiva. 

 

10. Comportamento antissocial 

 

Muita gente justifica a falta de simpatia por gatos dizendo que são antissociais. Que mentira! Claro, se você educar seu felino como um bicho solitário, sem carinho ou companheirismo, não adianta chamar um monte de gente pra sua casa e esperar que ele responda bem. Agora, se você acostumá-lo com o contato humano desde sempre, prepare-se para ver seu bichinho fazendo graça no colo dos seus amigos. 

 

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade