PUBLICIDADE

10 dicas para passear com o gato na rua

Veja alguns cuidados importantes para tornar a atividade divertida e segura para o seu felino

6 nov 2023 - 10h02
Compartilhar
Exibir comentários

Pode parecer incomum, mas passear com o gato na rua é uma atividade possível e até benéfica para o felino, pois proporciona estímulos adicionais e oportunidades de exploração. No entanto, é essencial tomar alguns cuidados para garantir o bem-estar do animal e que a experiência seja enriquecedora. Por isso, a seguir, confira algumas dicas para passear com o seu bichano fora de casa!

Passear com os gatos oferece benefícios aos felinos, mas requer cuidados para tornar a experiência enriquecedora
Passear com os gatos oferece benefícios aos felinos, mas requer cuidados para tornar a experiência enriquecedora
Foto: DavidTB | Shutterstock / Portal EdiCase

1. Utilize uma guia adequada

Usar uma guia própria para gatos é essencial para garantir que o animal esteja seguro e sob controle durante o passeio. Esse acessório, quando específico para os felinos, é mais leve e projetado para evitar escapes.

2. Escolha um local seguro e tranquilo

Gatos podem se assustar facilmente em ambientes novos. Por isso, comece em um local tranquilo, longe de tráfego intenso ou cães agitados, a fim de que o bichano se acostume com a experiência.

3. Verifique se a área é livre de perigos

Antes de começar o passeio, certifique-se de que não há plantas venenosas, produtos químicos ou objetos perigosos no caminho do bichano.

4. Mantenha o contato visual

Mantenha um contato visual constante com o felino para garantir que ele esteja seguro e se sinta protegido na presença de estímulos desconhecidos.

Passeios em horários quentes devem ser evitados para prevenir queimaduras nas patas dos felinos
Passeios em horários quentes devem ser evitados para prevenir queimaduras nas patas dos felinos
Foto: Harry Cabance | Shutterstock / Portal EdiCase

5. Evite passeios em horários quentes

Eles são sensíveis ao calor, então evite passear em momentos muito quentes para prevenir superaquecimento e queimaduras nas patas.

6. Ofereça pausas para descanso

Gatos não estão acostumados a caminhar longas distâncias. Por isso, faça pausas frequentes para que ele possa descansar e recuperar a energia.

7. Permita exploração gradual

Deixe o bichano explorar o ambiente no próprio ritmo. Não force o animal a avançar se ele se sentir desconfortável.

8. Fique atento a outros animais

Mantenha-se vigilante em relação a outros animais, especialmente cães soltos. Certifique-se de que o ambiente é seguro para o seu pet.

9. Tenha um plano de fuga

Esteja preparado para agir rapidamente em caso de emergência. Mantenha o gato sob controle e pronto para retornar ao ambiente seguro.

10. Observe os sinais de desconforto

Preste atenção aos sinais de que o gato está desconfortável ou estressado, como agitação, vocalização excessiva ou tentativas de se esconder. Isso indica a necessidade de encerrar o passeio e voltar para casa.

Portal EdiCase
Compartilhar
Publicidade
Publicidade