PUBLICIDADE

Top Carol Francischini treina em casa com bola da filha

22 abr 2021
0comentários
Publicidade

A top Carol Francischini criou um rotina diária de treino em casa durante a pandemia. E mais uma vez, ela gravou com exclusividade para o "Elas no Tapete Vermelho" uma série de agachamentos que faz para pernas e bumbum, além de abdominal. Para fazer os exercícios, ela usou faixa elástica, corda e aproveitou a bola da filha para ajudar no equilíbrio.

Carol Francischini
Carol Francischini
Foto: Divulgação / Elas no Tapete Vermelho

Confira a entrevista exclusiva que a modelo  deu ao "Elas" e alguns conselhos. Entre eles, o de procurar um profissional para criar treinos para seu tipo de corpo, estilo de vida e rotina. E para quem tem preguiça, ela é enfática: "A melhor coisa a se fazer pra espantar a preguiça é usar a criatividade. Trace algumas metas diárias, mas sem pressão." Mas antes, veja o vídeo do treino abaixo.

Elas no Tapete Vermelho - Você sempre usa bola, faixa e corda em seus exercícios? Qual sua rotina para se exercitar?
Carol Francischini - A faixa está sempre na minha mala. Só com ela, dá pra fazer um treino legal, variado, sem precisar de muito espaço. Uso muito a corda também, 15 minutos com frequência já tonifica e é um bom cardio. A bola estava em mãos porque eu estava jogando com a minha filha, então já incluí no treino também, para ajudar no equilíbrio.

Elas no Tapete Vermelho - Como você cria seus treinos?
Carol Francischini - Há muito tempo faço com acompanhamento de profissionais, especialmente quando quero praticar alguma modalidade diferente, como algum tipo de luta, que sempre gostei. Se for criar um treino para seu tipo de corpo e realidade, procure algum profissional habilitado. Na pandemia, treinando em casa sozinha, tenho um plano de exercícios e me organizo por aplicativos, então vou variando conforme sinto vontade no dia.

Carol Francischini
Carol Francischini
Foto: Divulgação / Elas no Tapete Vermelho

Elas no Tapete Vermelho - Desde que começou a pandemia, você criou um rotina de exercícios ou isso já vinha de antes?

Carol Francischini - Antes da pandemia, eu fazia exercícios em média três vezes por semana, mas desde quando a pandemia começou, me adaptei a uma rotina que, pra mim, antes não existia. O exercício tem sido diário, me ajudou muito nesse período, até mesmo pra dormir melhor. Eu faço no meu tempo, sem cobrança, de 30 a 40 minutos, dependendo do dia e da modalidade. Às vezes, uso só o peso do próprio corpo mesmo, ou então incluo algumas coisas, como um elástico ou pesinhos.

Elas no Tapete Vermelho - Dê um conselho para quem tem preguiça de se exercitar?
A melhor coisa a se fazer pra espantar a preguiça é usar a criatividade. Ache alguma coisa que goste e que lhe faça bem. Pode ser uma caminhada, já é um começo, e então deixe tudo fluir. Trace algumas metas diárias, mas sem pressão.

Elas no Tapete Vermelho
Publicidade
Publicidade