1 evento ao vivo

SPFW tem médica e ex-vendedora de hambúrguer na passarela

22 out 2018
11h49
atualizado às 19h58
  • separator
  • comentários
 

Imagina você terminar a faculdade de medicina, depois de anos de estudos, e resolver ser modelo? Ou então vender hambúrguer ou celulares enquanto espera uma chance na passarela? Essas e outras histórias aconteceram com alguns modelos que cruzarão as passarelas da 46ª edição do São Paulo Fashion Week.O primeiro desfile aconteceu neste domingo (21), com a apresentação da grife Lilly Sarti no Farol Santander, um dos patrocinadores. E teve tops Isabeli Fontana, Carol Trentini, Shirley Malmann e Carol Ribeiro.

Michi, Amira e Bruna (Fotos: Gabriel Henrique, Pupin e Deleu e Whenry Matias/Divulgação/Way Models)
Michi, Amira e Bruna (Fotos: Gabriel Henrique, Pupin e Deleu e Whenry Matias/Divulgação/Way Models)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

Elas estão há anos na estrada, mas outras que estreiam no evento ou estão começando a carreira fora da daqui saíram de funções bem distantes do mundo fashion. O SPFW termina dia 26 e a maioria dos desfiles será no espaço ARCA, na Vila Leopoldina, onde antes funcionava uma empresa metalúrgica, com 9 mil m2. As histórias de Bruna Renz, Michi Czastka e Amira Pinheiro são inspiradoras. Conheça

Da medicina para as passarelas

Bruna Renz (Foto: Whenry Matias/Divulgação/Way Models)
Bruna Renz (Foto: Whenry Matias/Divulgação/Way Models)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

Bruna Renz tem 28 anos, sempre sonhou em ser médica e, apesar de ter tentado carreira de modelo aos 14 anos, resolveu seguir seu desejo. Se formou em medicina em dezembro de 2017 e resolveu tentar novamente a carreira de modelo numa idade em que as new faces não costumar debutar.

"Consegui realizar meu sonho de criança, mas sempre fiquei com aquela pulga atrás da orelha, perguntando 'e se eu tivesse seguido a carreira de modelo?'. Mantive contato com algumas pessoas do mercado e, sem pretensões, resolvi retomar e arriscar", disse. E não é que deu certo: a gaúcha de Palmeira das Missões fará sua estreia no SPFW.

Uma ex-vendedora de hambúrguer

Michi Czastka (Foto: Gabriel Henrique/Divulgação/Way Models)
Michi Czastka (Foto: Gabriel Henrique/Divulgação/Way Models)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

Michi Czastka, 23 anos, trancou a faculdade de Direito de Curitiba para tentar a sorte como modelo em São Paulo. Depois de um ano tentando, bati na porta da agência Way e me aceitaram. Foi assim que tudo começou", conta e acrescenta."Antes disso, eu trabalhava vendendo hambúrgueres em uma lanchonete de São Paulo."

A modelo, que apresenta um estilo andrógino, foi destaque da última temporada internacional, desfilando para grifes como Givenchy e Miu Miu. A curitibana desembarca no Brasil especialmente para o evento.

De vendedora de celulares à passarela de Marc Jacobs

 

Amira Pinheiro, 23 anos, natural do Maranhão, veio para São Paulo em 2014, quando começou a carreira de modelo. Ela, que já foi vendedora de celulares, desembarca no Brasil para os desfiles do SPFW. A também agenciada da Way desfilou recentemente para Marc Jacobs e Oscar de La Renta.

Estreante na temporada brasileira, Rayane Brown foi destaque em Paris na passarela da Off-White - grife queridinha de Beyoncé e Kendall Jenner e já usada por Bruna Marquezine. Natural de Aracaju, a aposta trabalhava como vendedora em uma loja de roupas!

Elas no Tapete Vermelho

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade