0

Política fez Bruna esclarecer fim do namoro: "Não foi o motivo"

19 out 2018
08h21
atualizado às 08h40
  • separator
  • comentários

A atriz Bruna Marquezine assistiu desfile de 30 anos da Le Lis Blanc nesta quinta-feira (18) no Jocquey Club de São Paulo, que levou para a passarela tops como Alessandra Ambrosio, Carol Trentini, Izabel Goulart e a também atriz Camila Queiroz. A festa black-tie teve também jantar e show com Ivete Sangalo, além das presenças de Preta Gil e Mariana Rios, com a mesma roupa.. A atenciosa com a imprensa,  Bruna falou sobre o fim de seu relacionamento com o jogador Neymar Jr. "Eu sei que vocês têm de perguntar sobre isso, mas sabem que normalmente não falo sobre a vida pessoal. Assim, vou responder, mas não quero me prolongar sobre isso", afirmou.

Bruna Marquezine (Foto: Thiago Duran/AgNews)
Bruna Marquezine (Foto: Thiago Duran/AgNews)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

"Sim, nós terminamos. Foi uma decisão que partiu dele, mas há muito carinho e respeito por tudo o que a gente viveu" completou. A atriz foi categórica ao dizer que quis se pronunciar a respeito por causa do momento político atual.

"Muita gente está dizendo que o término foi por questões políticas. Estamos vivendo um período de muito ódio, um momento muito perigoso, em que as pessoas estão deixando de se falar. Então, quero deixar claro que o motivo não foi esse. Foi uma decisão dele."

Desespero
Bruna Marquezine (Foto: Thiago Duran/AgNews)
Bruna Marquezine (Foto: Thiago Duran/AgNews)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

Bruna, com look dourado, tipo capa curta e com  babados, bota de glitter e wet hair, enfatizou que, como artista, tem um dever social de colocar questões que acha importantes, de criar debates interessantes. "Mas nessas eleições, as vezes que me pronunciei foi por desespero, por pavor e por medo. Eu estou muito assustada com os rumos que as coisas estão tomando. Não só por estar triste por nossas únicas duas opções, que eu não considero boas, mas por ver tanta gente se odiando, tanta gente preconceituosa, machista, homofóbica, racista se revelando de uma vez só", afirmou.

"Me entristece muito essa onda de ódio, agressão e preconceito. E me questionei muito sobre o fato de a gente estar tentando escolher um líder para este país, mas me pego pensando de que adianta um bom líder se o problema está no povo. As vezes em que me manifestei foi por preocupação e por medo", desabafou

Feminismo

Bruna Marquezine (Foto: Thiago Duran/AgNews)
Bruna Marquezine (Foto: Thiago Duran/AgNews)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

Sobre seus posicionamentos sobre empoderamento e feminismo, Bruna disse perceber que as mulheres vêm aprendendo a ser feminista, mas a prática ainda é muito difícil. "Cada dia eu me considero mais feminista e não vim de uma criação feminista. Esse caminho mostra que a gente tem de aprender a não julgar outra mulher e não olhar para ela como competição, seja no trabalho ou no relacionamento. É uma luta e eu sinto orgulho de mim e de todas as mulheres que estão batalhando por isso. Tenho me conhecido mais e acho que a cada dia tenho virado uma versão melhor de mim."

Vida de modelo

Visualizar esta foto no Instagram.

🖤🌹👸🏻 #DGDNA #dolcegabbana #dgwomenss19 @dolcegabbana

Uma publicação compartilhada por Bruna Marquezine ♡ (@brumarquezine) em


A aproximação com o mundo fashion tem agradado cada vez mais a atriz. Ela disse que adorou a experiência de desfilar para uma grife como a Dolce & Gabbana, coisa que nunca tinha imaginado. "É muito doido como meu trabalho de atriz pode me proporcionar. Eu nunca imaginei desfilar para uma marca como a Dolce, primeiro porque não sou modelo e, segundo, porque é uma marca mundial. É muito legal o que a marca tem feito de colocar todos os tipos de pessoas na pessoa. Aproxima muito o público. As pessoas têm como se enxergar de alguma maneira", disse e revelou que sentiu um friozinho na barriga antes de entrar na passarela, assim como quando desfilou para a Coca-Cola Jeans, no Fashion Rio.

Tendência

Visualizar esta foto no Instagram.

Paris + @chopard = 💙 #ChopardIceCube

Uma publicação compartilhada por Bruna Marquezine ♡ (@brumarquezine) em


Bruna disse que entre os desfiles que mais gostou está o da grife Jacquemus, o primeiro que ela assistiu em Paris nesta temporada, após a experiência de desfilar para a Dolce & Gabbana em Milão.  "Tinha uma ligação forte com a coleção anterior, mas de forma totalmente nova."

Sobre as tendências que mais gostou, a atriz lembrou do uso dos shorts de malhar usados para sair. "Gosto dessa coisa do hi-lo, de misturar, estou namorando essa tendência." O terninho oversized com cinto foi outro ponto que chamou a atenção de Bruna. Ela, aliás, já apostou no look quando estava em Paris.

Elas no Tapete Vermelho

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade