0

De UFC a Madonna, as mulheres de Claudia Leitte no Carnaval

25 fev 2020
09h01
atualizado às 10h34
  • separator
  • 0
  • comentários

Guerreiras, nordestinas, revolucionárias, lutadoras não faltou personagem para Claudia Leitte representar o poder feminino, tema escolhido pela cantora para representar o Carnaval 2020. Da pré-folia, na última semana, até esta segunda-feira (24), a cantora se transformou em oito mulheres diferentes.

Claudia Leite (Foto: Reprodução/Instagram/@yanacioli)
Claudia Leite (Foto: Reprodução/Instagram/@yanacioli)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

Com styling de Yan Acioli, a loira foi cangaceira, Mulan, policial, Madonna, ninja, lutadora de UFC e até as personagens históricas Joana D'Arc e Maria Quitéria. Cada uma com uma história e um motivo para fazer parte do Carnaval de Claudia, em Salvador, São Paulo e Minas Gerais. Na tarde desta terça-feira (25), a cantora volta ao circuito Barra-Ondina, com o bloco Largadinho, às 17h, reservando mais uma surpresa.

Claudia Leite (Fotos: Reprodução/Instagram/@yanacioli)
Claudia Leite (Fotos: Reprodução/Instagram/@yanacioli)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

Os looks, recheados de brilho e detalhes surpreendentes, foram confeccionados por Israel Valentim, com exceção da fantasia de cangaceira, que usou no pré-Carnaval, em Guarulhos, assinada pela grife Água de Coco. Teve espaço até para recriar icônico sutiã com body, usado por Madonna na turnê "Blond Ambition", A peça, desenhada por Jean-Paul Gaultier, estreou nos palcos há quase 30 anos (no dia 13 de abril de 1990, no Japão) e serviu de inspiração para Claudia entrar literalmente voando, suspensa por um guindaste, e cantando "LIke a Prayer", de Madonna.

Claudia Leite (Fotos: Reprodução/Instagram/@yanacioli)
Claudia Leite (Fotos: Reprodução/Instagram/@yanacioli)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

Confira abaixo todos os 8 figurinos usados por Claudia Leitte até esta segunda (24) e o motivo, segundo a cantora, por ter escolhido cada personagem. A beleza da cantora ficou a cargo do beauty artist Lavoisier.

Cangaceira

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Yan Acioli (@yanacioli) em

A força da mulher nordestina deu o pontapé inicial ao Carnaval de Claudia Leitte, com esse look bege, que traz os bornais laterais e as alças de couro cruzadas na frente, que no cangaço eram usadas para levar balas. A pitada fashion fica por conta das mangas bufantes.

Mulan

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Yan Acioli (@yanacioli) em

Para o bloco Largadinho, no pré-Carnaval de São Paulo, Claudia Leitte se vestiu de Mulan. "É uma das minhas histórias favoritas. Ela é uma guerreira de muita força e determinação e será uma das mulheres que trarei como inspiração para o meu Carnaval, começando neste domingo (16) em São Paulo! Bora, guerreiras?", escreveu a cantora em seu instagram, dia 14 de fevereiro.

Policial

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Yan Acioli (@yanacioli) em

Na estreia do Carnaval 2020, em Salvador, a cantora fez uma homenagem às policiais. "Hoje vamos homenagear todas as mulheres da Guarda Civil Municipal de Salvador, celebrando a presença das mulheres em todas as corporações, em todos os espaços. #WeCanDoIt é o nosso lema.", explicou. Em outra postagem, acrescentou: "São mulheres que enfrentam todos os dias a violência e muitas vezes arriscam a própria vida para garantir a segurança de outras mulheres e da população em geral. Coragem, força, garra e determinação são algumas das características delas. Nós, mulheres, podemos estar onde quisermos, inclusive na polícia. O machismo em tentar menosprezar a qualificação feminina é vencido a cada dia, com cada nova conquista. We Can Do IT! - Nós podemos, sim!"

Madonna

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Yan Acioli (@yanacioli) em

No segundo dia do Carnaval em Salvador, foi a vez de chagar voando com o body e o sutiã cônico inspirado em Madonna, com nada menos do que 27 mil cristais aplicados. "Hoje no #CarnavalClaudiaLeitte, a homenagem é a uma mulher revolucionária no cenário musical e que dispensa apresentações: Madonna, uma das maiores mulheres de todos os tempos."

Joana D'Arc

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Claudia Leitte (@claudialeitte) em

Em apresentação no camarote Skol, em Salvador, o figurino foi inspirado em Joana D'Arc. "Foi minha grande inspiração pra homenagear todas as mulheres hoje à noite", explicou. "Joana D'Arc cortou o cabelo bem curto, vestiu-se de homem e começou a fazer treinamentos militares. Foi aceita no exército francês, chegando a comandar tropas. Mulheres sempre se moldaram e foram além dos seus limites. Agora, podemos ser como somos para continuarmos alcançando o que quisermos", disse a cantora em suas redes sociais. Para lembrar os cabelos curtos da guerreira religiosa francesa, veio com touca rente à cabeça, que também é tendência.

Ninja

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Yan Acioli (@yanacioli) em

"Se você é uma guerreira que luta bravamente contra as adversidades, ainda que os golpes da vida sejam surpreendentemente agressivos, então você é uma Mulher Poderosa", afirmou Claudia no Instagram, ao se vestir de ninja e também de lutadora de UFC, para fazer dois shows em Minas, na mesma noite. No look abaixo, ela homenageia a lutadora Amanda Nunes Leoa.

Lutadora

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Yan Acioli (@yanacioli) em

"Amanda Nunes Leoa, escolhi usar sua arte e luta para iluminarem as minhas. Amanda nasceu em uma cidade da Bahia, chamada Pojuca, que fica a cerca de 70 km de Salvador. No UFC, um esporte completamente "dominado por homens", ela é detentora de 2 cinturões em diferentes categorias. De acordo com o site ufc.com, Amanda contabiliza 18 vitórias, sendo 13 nocautes, 2 por finalização e 3 por decisões dos juízes. Há muitos infortúnios que não são evidenciadas nas perfomances de esportistas como a nossa Leoa, mas fazem parte da jornada de todas elas em diversos segmentos, a exemplo da luta para que as premiações tenham valores iguais aos dos homens. A busca por reconhecimento é de todas nós. Estamos juntas!! 💪🏼 Estou a caminho de Minas Gerais para fazer 2 shows em uma noite. Serão 2 vitórias: uma em Belo Horizonte e outra em Muzambinho - e minha grande inspiração é você, Leoa! Muito obrigada", explicou.

Maria Quitéria

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Yan Acioli (@yanacioli) em

"Obrigada,#PipocaDaClaudinha pelo dia em que me inspirei em Maria Quitéria pra - mais uma vez - viver meu sonho de ser uma cantora de trio. Essa grande guerreira nasceu e cresceu na Bahia. Em 1821, agitações em Portugal iniciam o movimento de independência do Brasil no nosso Estado, parte da Guerra da Independência, e Maria Quitéria foge de sua casa, veste-se como homem, alista-se como a primeira mulher para se tornar reconhecida por assentar praça numa unidade militar das Forças Armadas Brasileiras. Ela entrou em combate porque teve atitude."

Veja também: 

É o Tchan anuncia repórter do Terra como novo contratado

 

Elas no Tapete Vermelho
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade