PUBLICIDADE

Médica revela 9 nutrientes que evitam fome e cansaço pós-treino

Endocrinologista explica que apostar nessas opções pode ajudar a emagrecer

1 mar 2024 - 17h25
(atualizado em 2/3/2024 às 12h47)
Compartilhar
Exibir comentários

Sentiu fome ou cansaço depois do treinamento? Não se preocupe, ou seja, você não foi o primeiro e muito menos o último a sentir. Dessa forma, a médica endocrinologista Dra. Claudia Chang nos revelou nove nutrientes que evitam fome e cansaço pós-treino.

Nutrientes que evitam fome e cansaço pós
Nutrientes que evitam fome e cansaço pós
Foto: treino - Shutterstock / Sport Life

Veja os nove nutrientes que evitam fome e cansaço pós-treino

1. Ômega-3

"O ácido graxo reduz a inflamação nos músculos gerada pela corrida e ajuda a recuperar no pós-treino. Onde encontrar: peixes de águas frias, como salmão, arenque, atum e sardinha, além de chia, linhaça, como óleo, semente e farinha, castanhas e nozes", disse a Dra. Claudia.

2. Vitamina D

"Embora esteja presente em alguns alimentos, como salmão, sardinha e arenque, precisamos do sol para fazer a conversão na pele para a forma ativa. Como estamos cada vez mais reclusos dentro de nossas casas e locais de trabalho, o nível de deficiência torna-se muito alto sendo na maioria das vezes necessária a suplementação", orientou Chang.

3. Vitamina A

"Aposte em alimentos ricos em vitamina A, como fígado bovino, cenoura, manteiga, ovo, manga, mamão, espinafre e couve. A suplementação de aminoácidos, como a glutamina, também pode auxiliar nesse aumento da imunidade pós-treino", explicou.

4. Vitamina E

"Em excesso, estes radicais livres podem causar fadiga e envelhecimento precoce", diz a endocrinologista. Onde encontrar: castanhas, nozes, amendoim, gema de ovo e vegetais de folhas verdes", justificou.

5. Vitamina B12

"A falta desta vitamina pode gerar fadiga, principalmente se a pessoa pratica exercícios aeróbicos. Também pode causar dificuldade de concentração e formigamento em partes do corpo. Onde encontrar: atum, truta, bacalhau, salmão, ovo, carne vermelha, abacate, leite, cereais integrais, iogurte e levedo de cerveja", falou.

6. Vitamina C

"Fortalece o sistema imunológico, combate os radicais livres e ajuda a reduzir dores musculares. Também é importante para a produção de colágeno, nutriente que forma a cartilagem protetora das articulações, de aminoácidos e melhora a absorção de ferro pelo organismo. Onde encontrar: laranja, limão, acerola, abacaxi, pimentão, alface, agrião, cebola", admitiu.

7. Cálcio

"Além dos ossos, o cálcio é essencial para coagulação do sangue, transmissão de impulsos nervosos e contração e relaxamento muscular. Onde encontrar: leite, iogurte, queijos, tofu, brócolis, sardinha, espinafre, semente de gergelim, soja, linhaça, grão-de-bico", detalhou.

8. Fibras

"Contribuem para o bom funcionamento do intestino, auxiliam na saciedade e contribuem para lentificação na absorção da glicose. Também atuam na redução da absorção de colesterol dos alimentos. Onde encontrar: aveia, lentilha, castanhas, alcachofra, frutas e verduras em geral", discorreu.

9. Potássio

"Mantém o equilíbrio eletrolítico e o nível de hidratação do organismo, além de auxiliar no processo de contração e relaxamento muscular. Onde encontrar: banana, batata-doce, abacate, beterraba, feijão, iogurte, uva-passa e mamão", concluiu a Dra. Claudia Chang.

Fonte: Médica Endocrinologista Dra. Claudia Chang

Fonte: Redação Terra Você
Compartilhar
Publicidade
Publicidade