PUBLICIDADE

Gosto ruim na boca? Especialista explica o que pode ser

Apesar de poder parecer inofensivo, o gosto ruim na boca pode aparecer por vários motivos, incluindo infecções e síndromes

2 set 2023 - 15h00
(atualizado às 17h01)
Compartilhar
Exibir comentários

Sentir gostos estranhos na boca não é algo normal. Apesar de comum, esse sintoma, que pode ter diversas causas, pode ser o indicativo de alguma doença. Por isso, não é bom ignorá-lo.

Entenda o que aquele gosto ruim na boca pode significar - Shutterstock
Entenda o que aquele gosto ruim na boca pode significar - Shutterstock
Foto: Alto Astral

O cirurgião-dentista Alysson Resende explica que, em alguns casos, o gosto ruim pode até ser realmente apenas um incômodo momentâneo. Porém, se ele aparecer com mais frequência ou durar muito tempo, é preciso investigar.

"Se você sente um gosto estranho que nunca vai embora ou que aparece de forma persistente, marque uma consulta urgente com o dentista. Essa condição pode ser causada por um problema na boca ou em outra parte do corpo, ou então pelo uso de medicamentos, ou suplementos que você está tomando", alerta.

A seguir, veja alguns dos principais motivos para o gosto ruim na boca, que pode, inclusive, ser acompanhado de mau hálito:

  • Doenças
  • Uso de certos medicamentos
  • Suplementos
  • Síndromes
  • Infecções desconhecidas
  • Tratamento com quimioterapia

Já com relação aos problemas de saúde que podem causar o gosto ruim na boca, um dos principais é a gengivite. Além dela, outros também podem ser os responsáveis, como as doenças no aparelho digestivo. 

Nesse caso, costumam também aparecer outros sintomas, como um líquido amarelo ou avermelhado que vem junto com o gosto ruim. Para saber como se livrar do problema em cada caso, é preciso se consultar com um especialista.

Importância do cuidado com a saúde bucal

Ainda que o tratamento para o mau gosto na boca dependa daquilo que o causa, muitas vezes ele inclui dar uma atenção maior à saúde bucal. Assim, fazer a higiene adequada e ir ao dentista com uma certa frequência é essencial!

Essa importância é ainda maior quando pensamos que várias doenças graves têm como um de seus primeiros sintomas questões bucais, como o tal do gosto ruim na boca. Ou seja, ir ao dentista tratar desses problemas aparentemente pequenos pode ajudar a descobrir, ainda no início, doenças que precisam de cuidados.  

"Investir no cuidado da saúde bucal contribui com o diagnóstico e a prevenção de problemas como infarto, endocardite bacteriana e acidente vascular cerebral (AVC). Mais de 40% desses problemas dão os primeiros indícios através de sintomas na boca", estima a cirurgiã-dentista Marcela O ́Neal.

A especialista explica que aproximadamente 36% das mortes ligadas a problemas cardíacos têm início na saúde bucal. Já com uma boa rotina de escovação, as chances das doenças diminuem em até 70%, segundo um estudo feito pela Faculdade de Odontologia da Universidade Estadual de São Paulo (USP).

Além disso, é fundamental fazer o uso correto da escova e não se esquecer do fio dental, que é indispensável para remover completamente as sujeiras dos dentes.

Fonte: Saúde em Dia

Alto Astral
Compartilhar
Publicidade
Publicidade