0

De olho em 2020, jovem de 16 anos é nova promessa do skate

Esporte vai fazer parte da programação dos Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio

8 mar 2018
16h39
atualizado às 18h51
  • separator
  • comentários

Aos 16 anos, a skatista Dora Varella aparece entre as principais promessas brasileiras do esporte. E justamente em um momento especial, já que o skate ganhou status olímpico em 2016 e fará parte da programação dos Jogos de Tóquio, em 2020. Ela atua nas modalidades Skate Park, Bowl/Banks e Vertical.

Aos 16 anos, Dora Varella desponta como promessa brasileira no skate
Aos 16 anos, Dora Varella desponta como promessa brasileira no skate
Foto: Rodrigo Kbça Lima

Apesar de muita gente acreditar que o skate é um esporte predominantemente masculino, o Brasil conta atualmente com a prática de aproximadamente de 1,6 milhão de mulheres, de acordo com pesquisa encomendada pela Confederação Brasileira de Esportes Radicais. 

No ano passado, Dora venceu o Mundial em Vans Girls, na Califórnia (EUA), na disputa da categoria Sub-15. Além do título, voltou com a admiração do skatista norte-americano Christian Hosoi, considerado uma lenda do esporte.

Após o término do torneio, Hosoi convidou a brasileira para integrar o seu time de skatistas, sob a marca Hosoi Skateboards. Também no ano passado foi a campeã nacional do Vans Park Series National Championships, em Serra Negra, interior de São Paulo, e garantiu vaga na semifinal do Continental em Huntington Beach, em julho, na Califórnia. 

Nesse torneio, ela foi considerada a melhor das Américas, sagrando-se campeã panamericana. Dora venceu ainda a etapa do VPS em Huntinghton Beach, o que garantiu a ela um lugar na final do Mundial de Xangai, em setembro. Na ocasião, sofreu uma queda e terminou a competição no 10º lugar.

No ano passado, Dora venceu do campeonato mundial Vans Girls, na Califórnia (EUA), na disputa da categoria "15 and over" (Sub-15)
No ano passado, Dora venceu do campeonato mundial Vans Girls, na Califórnia (EUA), na disputa da categoria "15 and over" (Sub-15)
Foto: Rodrigo Kbça Lima

Precoce

A skatista brasileira iniciou a carreira aos 10 anos e aos 11 passou a disputar competições. Conheceu algumas pistas de São Paulo até pegar gosto pelo Bowl. Era comum apurar a técnica assistindo a vídeos de skatistas consagrados, justamente para aprender as manobras. 

A carreira da atleta começou a decolar em 2015 com o título de campeã brasileira na modalidade Bowl, que garantiu vaga para a disputa do Mundial da Vans Girls Combi Pool Classic, em 2016. 

Naquele ano, disputou a categoria Sub-14, conquistando o título, que foi considerado uma surpresa por ela própria, já que, na ocasião, não se sentia no nível das outras skatistas. "Ali percebi que estava me dando bem", lembra.

A classificatória para os Jogos Olímpicos ocorrerá no ano que vem, mas ela já tem se preparado e treinado com empenho para as várias competições internacionais e nacionais. Com profissionais especializados, os treinos e a preparação fisica estão presentes na rotina da Dora.

Além do título, voltou com a admiração de do skatista norte-americano Christian Hosoi, considerado uma lenda do esporte
Além do título, voltou com a admiração de do skatista norte-americano Christian Hosoi, considerado uma lenda do esporte
Foto: Rodrigo Kbça Lima

 

 

Fonte: VM   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade