PUBLICIDADE

Qual é o melhor fondue de queijo vendido em supermercado? Teste às cegas avalia

Time de especialistas avaliou 11 marcas; veja as 3 melhores

18 jun 2024 - 00h02
Compartilhar
Exibir comentários

Come-se fondue de queijo no frio por diversos motivos. Por ser gostoso, pela oportunidade de compartilhar romanticamente a comida, pelas múltiplas combinações compatíveis com o sabor da massa de queijos aquecida em rechauds sobre a mesa.

Veja o vídeo com bastidores do teste:

Houve um tempo em que fondue de queijo era acompanhado apenas de cubinhos de pão. Hoje os restaurantes oferecem toda a sorte de complementos para deixar o fondue ainda mais irresistível. Carne, linguiça, legumes como brócolis, batata... Cogumelos também vão bem demais com o fondue de queijo e há quem goste de adicionar frutas, como a pera, à lista de acompanhamentos.

Outra boa combinação é montar um pequeno sanduíche aberto: sobre uma fatia de pão, coloca-se a carne ou a linguiça envoltas no fondue de queijo.

Cristina Häfeli, chef do restaurante Florina, gosta de incluir, além das carnes, dos pães e dos legumes, picles de pepino, tomatinhos e presunto cru entre os acompanhamentos

A chef Marja Akina, do restaurante Pé de Manga, durante a avaliação das 11 marcas de fondue
A chef Marja Akina, do restaurante Pé de Manga, durante a avaliação das 11 marcas de fondue
Foto: Taba Benedicto/Estadão / Estadão

Que tipo de queijo se usa no fondue

São muitas as combinações de queijo possíveis na hora de preparar a receita em casa. A favorita da chef Marja Akina leva manteiga, cebola, vinho branco, creme de leite, queijo gruyère, um pouco de parmesão e mussarela, para a massa ficar bem elástica. Um toque de noz moscada e tá pronto o fondue.

"O mais importante é que o fondue, tanto a versão preparada em casa ou a comprada pronta no supermercado, seja servido quente, tenha textura aveludada e sabor amanteigado", ensina Marja.

Como escolher um fondue pronto no supermercado

A queijista Mônica Resende, proprietária da loja de queijos artesanais Mestre Queijeiro, explica que as misturas para fondue vendidas no supermercado têm geralmente outros ingredientes além do queijo. Algumas marcas adicionam amido e conservantes que alteram o sabor dos queijos.

Os jurados participaram de todas as etapas do teste, do preparo na cozinha até a prova nos rechauds, mantidos acesos durante o processo
Os jurados participaram de todas as etapas do teste, do preparo na cozinha até a prova nos rechauds, mantidos acesos durante o processo
Foto: Taba Benedicto/Estadão / Estadão

Precisa colocar vinho no fondue?

Não necessariamente. Das 11 marcas avaliadas por Paladar, apenas uma pedia o acréscimo de vinho branco durante o preparo. Outras já vinham com adição de vinho no mix de queijos. Mas os especialistas acreditam que o vinho, apesar de não ser obrigatório, tem seu valor na hora de agregar acidez e um pouco de doçura ao fondue de queijo.

"O vinho é o substituto oficial da bebida originalmente adicionada à receita clássica do fondue, o kirsch", explica a queijista Mônica Resende, proprietária da loja de queijos artesanais Mestre Queijeiro. "A bebida adiciona acidez à receita".

Como o vinho branco evapora durante o processo de aquecimento dos queijos, o fondue não fica alcóolico, mas apenas com um leve sabor de vinho.

TB SAO PAULO SP 03/06/2024 PALADAR - TESTE PALADAR/ FONDUE DE QUEIJO - Na foto (da esq. para dir.) Chef Marcele Médice, do Chez Amis, o queijista Falco Bonfadini, a queijista Mônica Resende, a chef Cristina Häfeli, do Florina e a chef Marja Akina, do Pé de Manga
TB SAO PAULO SP 03/06/2024 PALADAR - TESTE PALADAR/ FONDUE DE QUEIJO - Na foto (da esq. para dir.) Chef Marcele Médice, do Chez Amis, o queijista Falco Bonfadini, a queijista Mônica Resende, a chef Cristina Häfeli, do Florina e a chef Marja Akina, do Pé de Manga
Foto: Taba Benedicto/Estadão / Estadão

Como o teste foi realizado

O teste de fondue de queijo foi realizado às cegas. Os jurados participaram de todas as etapas: do preparo de cada uma das marcas de fondue na cozinha do restaurante Pé de Manga, locação escolhida para este teste Paladar, até a prova, realizada em rechauds com pãezinhos cortados como acompanhamento.

O modo de preparo da embalagem de cada produto foi seguido à risca. Entre uma prova e outra, os jurados tomaram água e beberam café para limpar o paladar.

*Os valores dos produtos listados no ranking abaixo foram atualizados na primeira semana de junho de 2024.

Santa Luzia foi a marca campeã do teste de fondue de queijo
Santa Luzia foi a marca campeã do teste de fondue de queijo
Foto: Taba Benedicto / Estadão / Estadão

As melhores marcas de fondue

  1. Casa Santa Luzia

  2. President e Emmi

  3. Catupiry Apeti

Foram avaliadas 11 marcas de fondue de queijo vendidas nos supermercados
Foram avaliadas 11 marcas de fondue de queijo vendidas nos supermercados
Foto: Taba Benedicto/Estadão / Estadão

As 11 marcas avaliadas em ordem alfabética

Catupiry Apeti

O terceiro lugar no nosso ranking foi avaliado como um produto de boa aparência e derretimento fácil durante o preparo na panela. Das 11 marcas foi a única que pedia adição de vinho durante o preparo. O sabor de queijo incrementado com noz moscada agradou, apesar de o resultado final ter sido um fondue que poderia ter um tiquinho a mais de elasticidade (R$ 42,90, 400 g).

Classic Carrefour

O gosto não agradou o júri. A textura grudenta e o sabor salgado também não ajudaram… A massa foi avaliada como pesada. Durante o preparo, o produto demorou mais tempo para derreter em comparação às demais marcas avaliadas (R$ 36,90, 400 g).

Emmi

O segundo colocado, empatado com o fondue da President, foi bem fácil de preparar na panela. No rechaud, apresentou cremosidade na medida certa, aveludado, com ótima aparência e sabor marcante de queijo e vinho (R$ 96, 400 g).

Faixa Azul

Um creme de leite saborizado com queijo, na avaliação do júri. O produto foi avaliado ainda como muito salgado e com sabor enjoativo, distante do esperado para um fondue. A elasticidade nula da massa também não ajudou (R$ 46,90, 400 g).

Ipanema

Um fondue de preparo difícil e bastante gorduroso. O sabor distante do esperado para um fondue não agradou. Faltou acidez e a textura do produto pronto lembrou a de um mingau (R$ 29,90, 400 g).

Polengui

O fondue apresentou textura de requeijão industrializado e pouco sabor de queijo. Durante o preparo, os jurados acharam que parecia que a massa não iria derreter adequadamente. Mas o resultado final, no réchaud, rendeu um fondue com consistência razoável (R$ 46,90, 400 g).

President

Nosso segundo lugar, empatado com a marca Emmi, apresentou boa textura e foi bem fácil de preparar. A massa apresentou bastante elasticidade, o que comprova que a receita leva queijo de verdade. O sabor foi o ponto que fisgou o júri por unanimidade, equilibrado e delicioso (R$ 65, 450 g).

Prima Donna

Um produto de preparo fácil, bom derretimento, porém com aparência, sabor e textura de requeijão industrializado; enjoativo, gorduroso além da conta e muito salgado (R$ 87, 400 g)

Santa Luzia

O campeão do nosso teste de fondue de queijo conquistou o paladar do júri: marcante e nada enjoativo. Um produto bastante “queijudo”, com ótima textura e sabor delicado de queijos e vinho. Na hora da prova, o fondue envolveu totalmente o pãozinho; o preparo na panela também foi bem simples (R$ 119, 400 g).

Tirolez

Um fondue de preparo rápido. O sabor, apesar da presença do queijo, foi avaliado como muito salgado e bastante gorduroso. A textura também não alcançou o ponto ideal, resultando em um fondue sem cremosidade (R$ 47,90, 400 g).

Vigor

Um produto com gosto de requeijão e com praticamente nenhum sabor de queijo. A textura liquida do fondue no rechaud deixou a desejar, assim o com a presença evidente de amido na formulação da receita (R$ 39,90, 400 g).

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade