PUBLICIDADE

Consumo de caldo de cana é para o pré ou pós-treino? Entenda

Essa bebida tornou-se famosa devido ao seu teor carboidrato

17 jun 2024 - 16h15
(atualizado em 18/6/2024 às 00h42)
Compartilhar
Exibir comentários
Consumo de caldo de cana
Consumo de caldo de cana
Foto: Shutterstock / Sport Life

Tanto faz se você conhece como caldo de cana ou garapa, seja em uma feira livre ou para quem gosta de manter uma vida física ativa. Entre os seus diversos benefícios, há quem ainda questione a sua utilidade, por exemplo: o consumo do caldo de cana é para o pré ou pós-treino?

Caldo de cana pode cumprir as duas funções

"O caldo de cana é uma fonte de carboidratos simples, como glicose e frutose, que são absorvidos rapidamente pelo organismo e fornecem energia imediata para o treino. Além disso, consumir caldo de cana antes do treino pode ajudar a evitar a hipoglicemia, baixo nível de açúcar no sangue. Especialmente se o treino for intenso ou de longa duração", respondeu a nutricionista Adriana Stavro em entrevista exclusiva para o Sport Life.

A especialista detalhou que após o treino o corpo precisa de carboidratos para repor o glicogênio muscular esgotado pelo exercício, ou seja, o caldo de cana pode ajudar nesse processo. "Fornece carboidratos de rápida absorção. Seu alto teor de eletrólitos, como sódio e potássio, também ajuda a repor os fluidos perdidos durante o exercício", acrescentou.

Em relação à quantidade recomendada antes e depois do treino, pode variar conforme os fatores de duração, intensidade do exercício, necessidades nutricionais e preferências pessoais. Ainda assim, há diretrizes gerais.

As diretrizes gerais para o consumo de cana

5 dicas para equilibrar o consumo de proteínas antes e após o treino 5 dicas para equilibrar o consumo de proteínas antes e após o treino

Antes do treino

"De 200 a 300 ml de caldo de cana para 30 minutos a uma hora antes do exercício", sugeriu.

Durante o treino

"100 ml intermitentemente durante o exercício intenso pode ajudar a prevenir a desidratação e repor os estoques de glicogênio", explicou.

Pós-treino

"300 a 500 ml pode ajudar a repor os estoques de glicogênio, hidratar e fornecer os nutrientes necessários para a recuperação muscular", reforçou.

É melhor tomar caldo de cana puro?

"Ao adicionar frutas como limão, laranja ou abacaxi, você aumenta a ingestão de vitaminas, minerais e antioxidantes, como a vitamina C, importante para o sistema imunológico. Algumas frutas, como abacaxi ou morangos, contêm fibras que auxiliam na digestão e promovem a sensação de saciedade, úteis para manter níveis de energia estáveis e que prolongam a sensação de saciedade", esclareceu.

É verdade que caldo de cana dá sono?

"Não há evidências científicas específicas que indiquem que o caldo de cana causa sonolência. No entanto, o caldo de cana é rico em carboidratos, principalmente na forma de açúcares simples, como glicose e frutose. O consumo de grandes quantidades de alimentos ou bebidas açucaradas pode resultar em picos de insulina. Seguidos por uma rápida queda nos níveis de açúcar no sangue, conhecido como hipoglicemia reativa. Isso pode levar a sintomas de sonolência, cansaço e irritabilidade", encerrou Adriana Stavro.

Sport Life
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade