PUBLICIDADE

Tipos de Iluminação Por Ambiente: Como Escolher a Ideal

24 nov 2021 11h36
ver comentários
Publicidade

A luz é a alma da casa. É ela que dá vida aos ambientes, traz conforto e aconchego. Se você está construindo ou reformando, com certeza, já parou para pensar em como usar os tipos de iluminação por ambiente.

Essa dúvida é comum e poucas pessoas sabem como, realmente, resolver essa questão. Afinal, cada espaço da casa é diferente e precisa de uma iluminação específica. Por isso, hoje trouxemos algumas informações e dicas sobre os tipos de iluminação por ambiente. Acompanhe!

2. Além de decorarem o ambiente, os pendentes destacam objetos, trazendo um ar moderno. Reprodução: Avant
2. Além de decorarem o ambiente, os pendentes destacam objetos, trazendo um ar moderno. Reprodução: Avant
Foto: Viva Decora

Tipos de iluminação para sala

A sala é um dos lugares mais movimentados da casa, onde a família se junta para conversar, assistir televisão e muito mais. Esse ambiente precisa de uma iluminação que traga conforto para o espaço.

Algumas opções de iluminação para sala são:

Abajures e luminárias de chão

Eles trazem aconchego e conforto, principalmente, se forem com cúpula de tecido, que proporciona uma luz difusa para o ambiente.

Lustre

O lustre tem a função de ampliar a iluminação do espaço sempre que é utilizado. Ele dá amplitude e claridade para a sua sala.

Outra dica é, além da luz geral, criar pontos de foco que realcem o melhor da decoração, como quadros, esculturas e revestimentos.

Pendente

Esse artigo de iluminação é parecido com o lustre, com o cabo à mostra em sua estrutura, porém a sua luz é direcionada para um objeto ou espaço específico.

Spot

Outro elemento de iluminação que realça objetos ou espaços é o spot. Ele pode ser embutido ou com a estrutura solta para deixar a lâmpada aparente, dependendo do seu projeto de decoração.

Mas tenha atenção para não deixar esses pontos de foco perto de poltronas, sofás ou locais de longa permanência, pois isso gera um desconforto para quem estiver neste lugar.

Conheça alguns produtos de iluminação para sala aqui.

3. A iluminação da cozinha deve ser equilibrada para que não canse a visão. Reprodução: Avant
3. A iluminação da cozinha deve ser equilibrada para que não canse a visão. Reprodução: Avant
Foto: Viva Decora

Tipo de iluminação para cozinha

A cozinha deixou de ser uma área de serviço e passou a ser uma área social. Um lugar para reunir a família e os amigos e criar bons momentos. A luz também faz parte dessas ocasiões.

É importante que na iluminação para cozinha o ambiente seja sempre bem iluminado, mas sem cansar a vista de quem está nele. Com o tipo de iluminação correto, sua cozinha ficará mais agradável para você e sua vista.

Esses são os tipos de iluminação para a cozinha:

Iluminação geral

É a luz principal do ambiente, que dá claridade e amplitude à sua cozinha. Uma boa opção de iluminação geral é a utilização de luminária no centro do teto do cômodo.

Iluminação pontual

É a iluminação em locais específicos com a intenção de dar mais claridade a um espaço; onde você cozinha, por exemplo. Para esse tipo de iluminação você pode usar os spots -embutidos ou não.

Iluminação de decoração

São as luzes que não interferem na visibilidade do cômodo. Estão ali só para ressaltarem algum objeto ou design.

Para a cozinha, a nossa dica é utilizar luminárias neutras e lançar mão dos perfis de LED, que se camuflam pelo ambiente, além de serem uma alternativa econômica e mais sustentável.

Confira nossas opções de lâmpadas LED para sua cozinha.

5. A iluminação do banheiro deve ser clara o suficiente para que este ambiente possa ser utilizado a qualquer hora do dia. Reprodução: Avant Júlia Pinheiro Arquitetura
5. A iluminação do banheiro deve ser clara o suficiente para que este ambiente possa ser utilizado a qualquer hora do dia. Reprodução: Avant Júlia Pinheiro Arquitetura
Foto: Viva Decora

Tipos de iluminação para quarto

O quarto é um ambiente de relaxamento e descanso, por isso, não devemos usar luzes muito fortes nem em grande quantidade.

Na iluminação para quartos, o mais indicado é luz difusa e indireta, de preferência, na cor amarela (2.700K).

Mas se você gosta de ler na cama, temos algumas opções para melhorar a iluminação e não prejudicar seus olhos:

Abajures

Os abajures podem ficar na mesa de canto da sua cama e proporcionar uma luminosidade difusa, mas que clareia o suficiente para você ler sem qualquer tipo de esforço.

Luminárias articuladas

Com essas luminárias, você pode focar a luz somente na página que está lendo, ajudando sua leitura e sem incomodar a pessoa que está dormindo ao lado.

6. A iluminação para a piscina é importante não só para a estética do ambiente, mas também para a segurança. Reprodução: Pexels
6. A iluminação para a piscina é importante não só para a estética do ambiente, mas também para a segurança. Reprodução: Pexels
Foto: Viva Decora

Tipos de iluminação para banheiro

O banheiro é um ambiente que precisa ser bem iluminado, afinal, é um dos lugares onde mais nos vemos no espelho. Por isso, é recomendado usar fontes de luz difusa, para retirar ao máximo as sombras do rosto quando olhamos nosso reflexo.

A solução para isso é a instalação de fitas de LED atrás do espelho, trazendo uma luz indireta para o cômodo e facilitando na hora de se maquiar ou fazer a barba. Outra forma de se fazer isso é colocar arandelas ou spots no espelho.

Tipos de iluminação para piscina

Na iluminação para piscina existe uma falsa convenção de que é ideal colocar luzes coloridas, como verde ou azul. Mas esse não é o melhor tipo de iluminação para piscina.

Luzes coloridas na piscina distorcem a cor real do revestimento e do entorno, o que transforma a área em um ambiente desconfortável visualmente.

Mas se não usar luzes coloridas, o que usar? A resposta é: luzes quentes. A luz quente, dentro e fora da piscina, vai realçar as cores naturais do revestimento, do entorno e da água e deixar tudo mais aconchegante.

Tipos de iluminação por ambiente: luz direta, indireta e difusa

Nos tópicos anteriores você leu sobre "luz direta", "luz indireta" e "luz difusa". Se você não entendeu o que são esses tipos de luz, nós vamos te explicar o que são e como elas atuam nos tipos de iluminação por ambiente. Confira:

Luz direta

É uma fonte de luz visível e feita em pontos específicos. Ela é ideal para destacar objetos e, também, para ambientes onde se precisa de uma luz mais funcional. A luz direta não deve ser utilizada em locais de longa permanência, como perto de sofás e camas.

Luz indireta

É a luz que não incide diretamente no objeto ou ambiente, ela precisa de um plano de reflexão, como o teto ou uma parede. A luz indireta proporciona uma iluminação mais suave e confortável aos olhos. É ideal para ambientes como quartos e salas de jantar.

Luz difusa

Essa luz se espalha por todo o ambiente, trazendo mais amplitude para o cômodo. É preciso um difusor para que ela cumpra sua função, como tecido. É ótima para sala, cozinhas e quartos.

Agora que você sabe tudo sobre os tipos de iluminação por ambiente, está na hora de acessar o site da ABC e escolher os produtos ideais para sua casa.

Fonte: Viva Decora
Publicidade
Publicidade