PUBLICIDADE

Feng Shui no jardim: encontre equilíbrio e harmonia

Saiba como aplicar a prática de origem chinesa em sua própria casa e melhorar a harmonia do ambiente

5 ago 2022 - 13h19
Ver comentários
Publicidade
-
-
Foto: Homes and Gardens/Reprodução / Casa.com

Você sabia que a escolha dos tipos de plantas e a localização delas podem influenciar no equilíbrio energético do seu jardim? Pois é!

Além de criar um espaço lindo, a prática do Feng Shui pode te ajudar a intensificar e ativar toda a energia vital do local, levando boas vibrações da natureza e acabando com os problemas que rondam o ambiente.

-
-
Foto: Pinterest/Reprodução / Casa.com

"O Feng Shui é uma arte chinesa que promove a harmonização e o equilíbrio dos espaços, com o objetivo de torná-los mais prósperos e saudáveis", pontua Juliana Viveiros, espiritualista da iQuilíbrio.

-
-
Foto: Balcony Garden Web/Reprodução / Casa.com

Segundo a especialista, essa técnica dissipa as energias de baixo nível e equilibra o fluxo energético, harmonizando os elementos Yin (céu) e Yang (terra), que, apesar de serem opostos, se complementam e têm muita importância na harmonização dos ambientes.

A seguir, Viveiros destaca quais os elementos importantes devem estar no jardim e como cada um deve estar disposto.

Como praticar o Feng Shui no jardim

-
-
Foto: Jan Canty/Unsplash / Casa.com

O jardim decorado segundo o Feng Shui tem como objetivo principal trazer harmonia. Segundo essa técnica, é aconselhável que o centro do jardim esteja vazio para que a energia flua livremente. Por isso bancos, plantas, árvores e outros elementos devem ficar localizados fora do centro.

Fontes de água

-
-
Foto: Balcony Garden Web/Reprodução / Casa.com

Ter fontes de água é ideal, pois elas permitem equilibrar a energia Chi por meio do elemento da abundância. Mas atenção: a água deve fluir sempre! Nunca deve estar parada ou suja, pois isso atrai vibrações negativas.

Além disso, evite o acúmulo de folhas e coloque pedras para amortecer a queda d'água. Isso proporcionará um som agradável e harmonioso.

Pedras

-
-
Foto: Narges Pms/Unsplash / Casa.com

As pedras são muito indicadas nesse tipo de ambiente, pois possuem baixa energia e se adaptam bem à presença dos outros elementos como flores, plantas e até mesmo a terra.

A dica é criar caminhos de pedras ou rodear canteiros com elas. Isso fará com que o seu jardim fique bonito e ainda dará ordem e sentido aos elementos. Evite, porém, deixá-las espalhadas ou sem utilidade. Lembre-se de que no Feng Shui tudo deve ter seu propósito.

Plantas

-
-
Foto: Jan Canty/Unsplash / Casa.com

As plantas devem ser variáveis, saudáveis e, de preferência, verdes. As florais também são muito indicadas. E vale destacar que a cor delas influencia bastante no bem-estar e na vibração que está atraindo para seu lar.

Por exemplo, as azuis ou violetas são ótimas para atrair a riqueza da alma. Já as brancas atraem pessoas úteis, e as vermelhas trazem o romance.

Desenho do jardim

-
-
Foto: Marta Bibi/Unsplash / Casa.com

O espaço não deve ser quadrado ou com desenhos em linha reta. A preferência é que ele tenha ondas e linhas curvas, pois elas permitem que a energia flua melhor pelo espaço. Os canteiros, por exemplo, são ótimas formas de organizar o local e manter o equilíbrio energético.

Como se percebe, não basta apenas dispor as plantas, as flores e os demais elementos no local. É necessário saber organizá-los e entender a finalidade de cada um para usufruir dos benefícios que eles oferecem.

"Se aplicada corretamente, essa técnica trará benefícios emocionais e até físicos para os moradores, além de tornar o ambiente mais próspero e saudável", conclui a especialista.

Casa.com
Publicidade
Publicidade