0

Argilas têm diversas cores e funções; entenda cada uma delas

14 jul 2014
13h00
  • separator
  • comentários

Aliadas da beleza feminina, as argilas são capazes de rejuvenescer a pele, além de fornecer nutrientes importantes para o rosto e o corpo através de seus sais minerais. Multifuncionais, elas também estimulam a renovação celular e podem, até mesmo, clarear algumas manchinhas do rosto. No entanto, precisam ser usadas com cautela, já que cada cor representa uma função e atende a diferentes necessidades. 

As argilas promovem uma limpeza mais profunda na pele, agindo diretamente nos poros para remover os resíduos acumulados com o tempo. Apesar disso, elas devem ser usadas com cautela, já que cada cor representa uma função e atende a diferentes necessidades
As argilas promovem uma limpeza mais profunda na pele, agindo diretamente nos poros para remover os resíduos acumulados com o tempo. Apesar disso, elas devem ser usadas com cautela, já que cada cor representa uma função e atende a diferentes necessidades
Foto: Poznyakov / Shutterstock

“Em geral, as argilas promovem uma limpeza mais profunda na superfície da pele, agindo diretamente nos poros para remover os resíduos acumulados com o tempo. Apesar disso, a escolha da coloração do exemplar utilizado vai depender exclusivamente de um diagnóstico, pois a sua indicação deve ser feita com base nas características da pele de cada pessoa”, afirma Rita Borges, esteticista e coordenadora do curso de Estética do Centro Universitário Celso Lisboa, do Rio de Janeiro. 

Por isso, conheça, a seguir, quais são as cores de argilas disponíveis no mercado e descubra qual é a melhor opção para a sua cútis. Vale lembrar que elas podem ser utilizadas durante o ano inteiro, independentemente da estação, uma vez por semana em peles oleosas e, quinzenalmente, em dermes sensíveis.

Verde
Além de proporcionar suporte energético e nutricional, a argila verde é rica em cobre e possui ação anti-inflamatória e pH neutro, sendo altamente benéfica para a pele com acne. Fora isso, ela ainda atua na desintoxicação e regulação da glândula sebácea, provocando efeitos adstringentes e promovendo uma suave esfoliação na região desejada. 

“A argila verde possui a maior diversidade de elementos. Por isso, consegue combater edemas e apresentar ação tonificante e estimulante ao mesmo tempo em que é secativa, bactericida, analgésica e cicatrizante”, destaca Dra. Helena Koerbel, médica responsável da Lica Cinelli Integração Corporal, de São Paulo. Indicada, principalmente, para peles oleosas, a cor verde não deve ser usada por quem tem a cútis seca.

Branca
Indicada para peles sensíveis e desidratadas, a argila branca contém o maior percentual de alumínio e silício, se comparada com as demais, apresentando um pH bastante próximo ao da pele. Seu principal benefício é clarear a derme e absorver a oleosidade sem desidratar ou comprometer o tecido cutâneo.  Com ação suavizante e cicatrizante, ela favorece também a cicatrização da região tratada e pode ser usada por todos os tipos de pele, sem qualquer restrição. 

Preta
A argila preta é a mais nobre de todas. Também chamada de “lama vulcânica”, ela tem ação anti-inflamatória e antiestresse, além de conferir um efeito tensor por agir como um potente agente rejuvenescedor em todos os tipos de pele. 

Rosa
Resultado da mistura da argila branca com a vermelha, a argila rosa apresenta uma ação mais suave sobre a pele. Antisséptica, cicatrizante e suavizante, ela é indicada, principalmente, para quem possui fototipo sensível ou delicado, mas pode ser usada sem medo em todos os tipos de cútis.   

Marrom
Também eficaz contra a acne, a argila marrom promove um efeito rejuvenescedor ao atuar como desinfiltrante, adstringente e desintoxicante. “A argila marrom é um tipo raro, com elevado teor de silício, alumínio, titânio, entre outros oligoelementos. É uma cor que ativa a circulação local, revitalizando e equilibrando a pele”, afirma a especialista. 

Vermelha
Rica em óxido de ferro, cobre e silício, a argila vermelha serve para hidratar e prevenir o envelhecimento da pele, além de reduzir medidas e agir como um potente agente anti-estresse. Capaz de acelerar o metabolismo local, estimular a circulação sanguínea e promover um efeito tensor na pele, ela é recomendada para pessoas com fototipos mais sensíveis, porém, o seu uso é livre e não apresenta contraindicações. 

Fonte: Agência Hélice
  • separator
  • comentários
publicidade