PUBLICIDADE

Meditação e mantras: entenda a conexão e conheça vibrações poderosas

Com significados profundos, os mantras são reconhecidos por ajudarem a elevar a concentração e aprofundar as sessões de meditação guiada

21 dez 2023 - 05h00
(atualizado às 15h05)
Compartilhar
Exibir comentários
Para meditar não é preciso estar sempre na posição de lótus
Para meditar não é preciso estar sempre na posição de lótus
Foto: Song_about_summer / Adobe Stock

Posição de lótus, exercícios de respiração e até palavras com origem no sânscrito, como o termo namastê, certamente você já ouviu falar sobre meditação ou, quem sabe, é um praticante – o número de adeptos cresceu no Brasil nos últimos anos –, mas assim como a prática é facilmente reconhecida, dúvidas sobre ela são comuns: entenda o que são os mantras e por que são tão usados nas sessões meditativas. 

O que são mantras 

Os mantras podem ser uma sílaba, palavra, frase ou som cuja reprodução forte e profunda acontece de maneira repetida, verbal ou mentalmente, durante as sessões de meditação, por exemplo, e, geralmente, têm significado espiritual ou simbólico, como elevação da energia.  

Há alguns motivos específicos para que um mantra seja proferido várias vezes: 

Otimizar a concentração 

O mantra ajuda a direcionar a atenção à execução, evitando distrações que eventualmente sejam impostas pelo entorno pouco convidativo à um momento de reflexão. À medida que o mantra é falado, meditadores podem se aprofundar na experiência. 

Criar conexão

Consigo mesmo, com algum elemento, com um ser superior ou de acordo com a intenção da meditação, o mantra é tido como uma forma de potencializar algum vínculo, como o próprio propósito, promovendo a paz. 

Vibração positiva e relaxante

Acredita-se que os mantras possam ter um efeito energético para corpo e mente, porém não em razão do termo em si, mas da sua sonoridade; as vibrações podem ajudar a acalmar a mente. 

Conheça 4 mantras ideias para a meditação 

  • Om: sem dúvidas o mais famoso dos mantras, essa vibração é considerada como primordial ou universal. O entendimento é de que exprime a ideia do som essencial da vida
  • Aum: enquanto alguns acreditam que esse mantra seja uma alternativa ao Om, outros entendem que se trata de um totalmente diferente. Para quem acredita no Aum como apenas uma variação sonora, o mantra tem o mesmo significado de Om. Por outro lado, há também praticantes que entendem o Aum como um mantra que envolve qualidades, como a pureza. 

Leia também: Meditação: conheça benefícios e aprenda tudo sobre a prática 

  • So hum: composto por dois elementos textuais “so” (eu existo ou eu sou) e “hum” (universo ou isso), esse mantra não é somente utilizado para potencializar a concentração, é considerado uma forma de afirmar a conexão com o universo e à própria essência. 
  • Ho'oponopono: aqui, praticantes não repetem a composição, cuja ordem sequencial é: sinto muito, me perdoe, te amo e sou grato. Ho'oponopono tem origem havaiana e é adotado como uma oração, além disso seu intuito é libertar energias ruins. 

A meditação é sempre religiosa? 

A meditação existe nas religiões, porém não pertence a elas. Isso quer dizer que é perfeitamente normal meditar sem que para isso seja preciso voltar-se a uma prática direcionada ao culto de alguma entidade religiosa, pelo contrário, pode ser também um momento de conexão consigo mesmo em busca de clareza mental e bem-estar. 

Quer começar a meditar? 

Baixe gratuitamente o aplicativo Atma e obtenha, sem nenhum custo, um ebook sobre meditação. Crie hoje mesmo o hábito de meditar. 

  • Clique aqui para baixar. Faça o download do app Atma, realize o login e, na tela inicial, solicite o material em “Guia para iniciantes”.
ATMA Seu app de meditação
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade