PUBLICIDADE

5 dicas infalíveis para emagrecer ou manter o peso perdido

Quer começar 2022 com hábitos mais saudáveis e focada na dieta? A gente te ajuda!

6 jan 2022 15h02
| atualizado às 15h08
ver comentários
Publicidade
Planejar as refeições é uma das dicas práticas para cuidar da alimentação
Planejar as refeições é uma das dicas práticas para cuidar da alimentação
Foto: Shutterstock / Alto Astral

Quem nunca prometeu ser fitness no ano novo? Essa é uma das principais promessas feitas pelas pessoas e também a menos cumprida. Isso porque pode ser bastante difícil mudar hábitos alimentares e tentar manter uma rotina saudável. Mas a gente sabe que cuidar do peso vai além da questão estética: é zelar pela saúde.

"Tenho percebido que atualmente as pessoas me procuram para além da perda de peso. Buscam melhorar sua saúde mental, seus parâmetros metabólicos e hormonais, e equilibrar melhor seus níveis de estresse e sono", conta a endocrinologista da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Paula Pires, que destaca a importância de uma equipe multidisciplinar para o tratamento. 

Segundo a médica, outro dado a ser considerado é que para diminuir os números na balança nem sempre a mudança na alimentação e atividades físicas bastam. "Hoje, a obesidade é considerada uma condição clínica complexa, ligada a fatores genéticos, químicos, hormonais, fisiológicos, sociais, psicológico e comportamentais", explica. 

A obesidade vai além da alimentação, estando ligada a fatores hormonais e genéticos, por exemplo
A obesidade vai além da alimentação, estando ligada a fatores hormonais e genéticos, por exemplo
Foto: Shutterstock / Alto Astral

Ou seja, não adianta só contar calorias, né? O ideal é cuidar da saúde como um todo. Tendo essa questão em vista, Alto Astral separou, com a ajuda da especialista, 5 dicas para ajudar você a emagrecer ou manter o peso perdido. Confira.

Esqueça as dietas milagrosas

Sabe aquela capa de revista que promete que você perderá 10 quilos em uma semana? Esqueça isso! As dietas milagrosas — ou da moda — não são seguras, tampouco eficazes. Além disso, o que funciona para um organismo pode não funcionar para o outro. O seu plano alimentar deve ser feito com base nas suas necessidades e possibilidades. 

Não se compare

Você sabia que uma pessoa magra não é necessariamente saudável? Assim como alguém acima do peso não significa estar mal de saúde. As aparências enganam e, por isso, é importante nunca se comparar. Estabeleça as suas próprias metas, sem comparação, e foque exclusivamente em sua saúde mental. A questão é sua e não com os outros, ok? 

Programe e planeje as suas refeições

Se a fome bate e não tem nada pronto para comer, as chances de acabar recorrendo ao delivery ou a alimentos processados é muito grande. Sendo assim, é fundamental manter uma organização alimentar. Planeje suas refeições e já deixe escolhas saudáveis prontas. Uma boa dica é separar um dia para cozinhar e deixar marmitas e snacks ao alcance prontinhos. 

Mercado e fome não combinam

Ir às compras com fome fará com que você queira comprar por impulso e, principalmente, alimentos mais calóricos. Portanto, deixe para ir ao mercado quando estiver satisfeito e faça as escolhas certas. Além de levar uma lista com o que precisa ser comprado, evite estocar doces, por exemplo. 

Siga os 4 M's

Para emagrecer com saúde, é preciso seguir pelo menos esses 4 conselhos: menos calorias, mais movimento, mais qualidade nutricional e mente saudável. Viu como não é só "passar fome"? O processo de emagrecimento precisa ser seguro, planejado e, sobretudo, saudável! Aprenda a comer alimentos saudáveis, mexer seu corpo, fazer escolhas de qualidade e não abandonar os cuidados emocionais. 

Fonte: Paula Pires, médica especialista em endocrinologia, metabologia e clínica médica, e membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), Endocrine Society e Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica (Abeso). 

Alto Astral
Publicidade
Publicidade