PUBLICIDADE

Alertas de desmatamento na Amazônia caem 61% em janeiro

Números do mês são os menores da série iniciada em 2016

10 fev 2023 - 13h23
(atualizado às 13h29)
Compartilhar
Exibir comentários

Os alertas de desmatamento na Amazônia em janeiro de 2023 atingiram 167 quilômetros quadrados, um número 61% menor do que no mesmo mês do ano passado, mostram dados divulgados pelo Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe), com base no Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (Deter) nesta sexta-feira (10).

Desmatamento teve 4° menor volume em janeiro da série histórica
Desmatamento teve 4° menor volume em janeiro da série histórica
Foto: AFP / Ansa - Brasil

O total de alertas é o quarto menor desde o início da série histórica, em 2016. Em números totais, o desmatamento em 2022 foi de 430km² - maior valor registrado até hoje. Já a menor área devastada em um mês de janeiro foi contabilizada em 2017, quando 58km² foram perdidos.

A área que envolve a Amazônia Legal engloba oito estados brasileiros - Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins - além de parte do território do Maranhão.

Os números são os primeiros a serem divulgados durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva, que assumiu no dia 1º de janeiro. O petista se comprometeu a voltar a combater a devastação na área da Amazônia, tanto no desmatamento quanto no combate ao garimpo ilegal. .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade