PUBLICIDADE

Frente fria chega ao Sudeste e ameniza calor; Sul tem alerta para queda de temperaturas

A massa de ar frio não deve romper o sistema que traz calor ao interior do país e mantém chuvas no RS

14 mai 2024 - 08h41
(atualizado às 09h21)
Compartilhar
Exibir comentários
Frente fria chega ao sudeste e ameniza calor; Sul tem alerta para queda de temperaturas
Frente fria chega ao sudeste e ameniza calor; Sul tem alerta para queda de temperaturas
Foto: Climatempo/Reprodução

Uma frente fria que chega em regiões do Brasil nesta terça-feira, 14, deve enfraquecer o bloqueio atmosférico que tem atuado no País desde o fim de abril. A massa de ar frio aliviou o calorão no Centro-Oeste e Sudeste, e fez com que as chuvas diminuíssem no Rio Grande do Sul. No entanto, esta frente fria ainda não é capaz de quebrar o bloqueio.

Segundo informações do Climatempo, o bloqueio atmosférico mantém as chuvas estacionadas no Sul e impede o avanço de frentes frias, deixando o tempo instável na região do Rio Grande do Sul. Com o enfraquecimento, é esperado que o calor no Centro-Sul e os temporais no RS diminuam por alguns dias.

A previsão é de temperaturas mais altas no próximo fim de semana, e que as chuvas retornem ao Sul, segundo informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Em São Paulo e Campo Grande, as menores temperaturas do ano podem ser registradas entre esta terça, 14, e quarta-feira, 15. Outras capitais também terão queda de temperatura.

Conforme divulgado anteriormente pelo Climatempo, o bloqueio iria até o início desta semana, no entanto, uma previsão do tempo mais atualizada mostra que o fenômeno irá se estender por, pelo menos, mais uma semana. Até o fim do mês, novas frentes frias podem surgir.

Previsão do tempo

A seguir, veja a previsão do tempo de acordo com o Inmet para a semana de 13 a 20 de maio.

Previsão de chuva para 1ª semana (13/05/2024 e 20/05/2024).
Previsão de chuva para 1ª semana (13/05/2024 e 20/05/2024).
Foto: Inmet

Região Sul: a semana se inicia com pancadas de chuvas isoladas em áreas de Santa Catarina e Paraná, devido a um sistema frontal que deve favorecer a formação de instabilidades com ventos que podem superar os 60km/h. Porém, a partir do dia 17, a passagem de um novo sistema frontal irá provocar volumes de chuvas que podem vir acompanhadas de trovoadas e rajadas de vento na região, especialmente em Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Desta forma, o Inmet destaca a importância de acompanhar as atualizações da previsão do tempo e avisos meteorológicos especiais no site e nas redes sociais.

Regiões Centro-Oeste e Sudeste: será de tempo quente e seco, exceto em áreas de Mato Grosso, São Paulo e Espírito Santo, onde deve ocorrer chuvas rápidas e passageiras.

Região Nordeste: há previsão de chuvas no norte do Maranhão, onde os acumulados de chuva podem ultrapassar os 70 mm. Na costa leste, as instabilidades na região devido ao transporte de umidade do oceano para o continente favorecerão a ocorrência de chuvas, que podem superar 40 mm. Já no interior da região, a previsão é de tempo quente e sem chuva.

Região Norte: a combinação do calor e alta umidade irá provocar pancadas de chuvas no decorrer da semana, com valores maiores que 60,0 mm em áreas do centro-norte do Amazonas e do Pará, bem como nos estados de Roraima e Amapá. Essas chuvas podem vir acompanhadas de raios, rajadas de vento e trovoadas. Nas demais áreas, não se descartam pancadas de chuvas isoladas com menores acumulados.

Alertas para mudança no tempo

Devido às mudanças no tempo, o Inmet emitiu quatro avisos meteorológicos para a região Centro-Sul do Brasil.

Inmet faz alertas de perigo devido às mudanças no tempo
Inmet faz alertas de perigo devido às mudanças no tempo
Foto: Reprodução/Inmet

Perigo potencial para geada: O aviso foi feito para a região sudoeste do Rio Grande do Sul e há também um alerta para risco leve de perda de plantações, com temperatura mínima de até 3ºC.

Perigo potencial para ventos costeiros: O aviso abrange o litoral do RS e litoral sul de Santa Catarina. As regiões podem ter ventos intensos na região litorânea.

Perigo para declínio de temperatura: O alerta serve para todo o Rio Grande do Sul, Santa Catarina e grande parte do Paraná, e oeste de Mato Grosso do Sul. O aviso é de queda na temperatura superior a 5ºC.

Perigo potencial para declínio de temperatura: O aviso é para o norte do Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. As quedas de temperatura serão de 3ºC a 5ºC.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade