0

Picapes Amarok e Strada puxam alta de preços do mercado

Picapes e furgões foram os vilões dos preços altos em setembro; Volkswagen Amarok e Fiat Strada lideram os aumentos. Confira o cenário

20 out 2020
10h53
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Volkswagen Amarok: mesmo com vendas em baixa, o maior aumento de preços em setembro.
Volkswagen Amarok: mesmo com vendas em baixa, o maior aumento de preços em setembro.
Foto: VW / Divulgação

Ficou mais caro comprar carro em setembro. Sejam veículos novos, seminovos ou usados, em média, todos os anos modelo de 2010 a 2021 acompanhados pelo site KBB Brasil tiveram alta nos preços. A pesquisa levou em consideração 18.470 versões de veículos de todas as marcas. As picapes e os furgões foram os campeões dos preços altos, com aumentos de 8,15% e 5,10%, respectivamente.

Entre as marcas,  a Fiat com 4,68% e a Peugeot com 3,88% foram as que apresentaram os maiores índices de elevação de preço. Quanto aos modelos específicos, os cinco carros que mais subiram de preços em setembro foram da Fiat e da Volkswagen, na seguinte ordem: Volkswagen Amarok (+19,29%), Fiat Strada (+13,30%), Fiat Fiorino (+12,69%), Volkswagen T-Cross (+9,56%) e Fiat Toro (+8,16%).

Segundo o KBB Brasil, em relação aos veículos zero km, a alta nos preços pode estar relacionada, mais uma vez, à influência do câmbio, considerando o desempenho negativo do Real frente ao Dólar, segundo dados da Anfavea (associação das fabricantes). Ainda assim, o segmento continua acumulando recuperação nas vendas, com resultado positivo de 13,3% em setembro, atingindo os 207,7 mil licenciamentos, de acordo com a entidade. Esta conjuntura trouxe um reajuste médio de 1,93% nos preços de carros novos em setembro, acima da média mensal de -0,27% observada em 2019. 

Fiat Strada: fenômeno de vendas em 2020, mas vilã de preços em setembro.
Fiat Strada: fenômeno de vendas em 2020, mas vilã de preços em setembro.
Foto: FCA / Divulgação

Vale destacar que dentro do grupo dos veículos zero km, os carros com ano modelo 2019 tiveram a alta mais expressiva no período, de 2,51%, seguidos pelos 2020 (1,94%), 2021 (1,78%) e 2018 (1,3%). Isso mostra que, além da questão cambial, permanece em vigor no mercado uma tendência de valorização dos veículos zero km parados em estoque, conforme o KBB Brasil já havia apontado na edição de julho deste ano do MVP. 

Em média, entre os carros seminovos, até 2017, a subida nos preços foi de 1,28%, enquanto os usados (de 2016 a 2010) aumentaram em 1,13%. A referência média mensal de 2019 destas categorias é de -0,79% e -0,75%, respectivamente. Segundo a Fenauto, federação dos revendedores, o segmento dos carros usados está em ritmo de expansão, uma vez que os resultados de setembro até superam o patamar do ano passado em número de transações. Só no mês passado, o crescimento das vendas de usados foi de 10,5%, de acordo com a entidade.

No recorte dos seminovos, o ano modelo com o maior reajuste positivo foi o 2020, com alta de 1,87%. Já entre os usados os carros com ano modelo 2013 é que mais despontaram em preços em setembro, com variação de 1,29%. O interessante a se notar é que a tendência de aumento de preços dos carros usados vem se confirmando desde agosto em todos os anos modelos acompanhados pelo MVP, o que corrobora a situação aquecida do segmento.  

Volkswagen T-Cross: único carro de passeio entre os cinco que mais subiram de preço em setembro.
Volkswagen T-Cross: único carro de passeio entre os cinco que mais subiram de preço em setembro.
Foto: VW / Divulgação

O KBB Brasil utiliza tecnologias de análise de dados e Big Data para produzir os levantamentos de precificação de veículos novos e usados. O processamento é realizado por um complexo algoritmo alimentado semanalmente por uma base com mais de 800 mil informações de preços de diferentes fontes do mercado. Além disso, todos os dados são avaliados diariamente por uma análise rígida de uma equipe de especialistas para garantir a validação dos preços publicados no site de acordo com a realidade brasileira. A empresa atua com o propósito de conscientizar os consumidores na compra e venda de carros a partir da determinação de preços justos. Todos os preços da KBB Brasil são públicos e podem ser consultados gratuitamente no site kbb.com.br.

Veja também:

Porsche Taycan, o carro elétrico que é uma obra-prima
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade